área fase de testes.fw.png

Como cada um se informa, por Sara Caprario

"Parabenizo os jornais do interior pelo trabalho que realizam com apoio da Adjori/SC e pela relevância que conquistaram junto às comunidades onde estão", escreveu a jornalista em sua coluna

Coluna originariamente publicada no site AcontecendoAqui
Sara Caprario.jpg

 

A profusão do uso de celulares com aplicativos de chat e a possibilidade de ter notícias na palma da mão não é unanimidade entre as pessoas. Muitas pessoas das gerações acostumadas com o papel – livro, revistas e jornais – ainda preferem folhear as páginas para receber informações e este ato que pode parecer romantismo reflete também a busca pela confiabilidade no conteúdo.  Ou até mesmo o simples fato de encontrar o resumo do dia num só lugar. 

Saber o que é fato, confirmar um boato e ir atrás de uma boa fonte é no mínimo prudencial antes de sair viralizando o que leu. Aliás, sobre este compartilhamento irresponsável já escrevi aqui, mas o que quero ressaltar é a importância do jornalismo e suas nuances à procura da imparcialidade. A reportagem bem feita, a investigação séria e a atenção aos vários lados de um acontecimento são ingredientes que produzem a confiança na notícia. Sabemos que a escolha da pauta, a edição e a determinação do veículo – em especial os grandes que fazem parte de grupos de comunicação – põem em xeque a veracidade, mas há que se conhecer os critérios editoriais de cada um.

Nesse sentido, faço aqui uma ode aos jornais do interior que resistem bravamente às previsões pessimistas de que acabaria a notícia em papel. Estas publicações ganham fôlego ao priorizar o que interessa, ou seja, a notícia local, o fato regional e a vida da comunidade. Eles se adaptaram, é claro, criaram sites elaborados e investem nas redes sociais, mas continuam chegando na casa das pessoas pelo formato impresso. Há cerca de seis anos sou jurada do Prêmio Adjori de Jornalismo (Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina) e na última edição, de número 18, constatei mais uma vez a evolução dos jornais do interior. As edições trazem cadernos temáticos, reportagens especiais e equipes cada vez mais qualificadas. 
Independente da plataforma, o grande desafio sempre será a notícia relevante para seu público, com características de dignidade, verdade, justiça e critérios editoriais bem definidos.

Parabenizo os jornais do interior pelo trabalho que realizam com apoio da Adjori/SC e pela relevância que conquistaram junto às comunidades onde estão. Santa Catarina tem ainda essa especial realidade, com municípios pequenos que permitem essa comunicação regionalizada.

Sara Caprario é jornalista formada na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 1994, onde fez também a Especialização em Estudos de Jornalismo e Mídia, em 2001. Trabalhou como produtora, repórter e apresentadora na TVBV e na RBS TV. Atuou como assessora de imprensa no Governo do Estado, entre 1995 e 1998, onde foi Diretora de Imprensa. Foi editora-assistente da Revista Empreendedor e editora da Revista Primeiro Plano. Atualmente é sócia da Letra Editorial (www.letraeditorial.com.br), empresa que atende clientes estaduais e nacionais.

 


Sem título-4.fw.png
Sem título-4.fw.png


EDITORIAS
Logo Adjori BR rodapé.fw.png

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS DO INTERIOR DO BRASIL

SRTVS Quadra 701, Conjunto E - Bloco 01, nº 12, sala 209 - Brasília - DF  |  (061) 3964-1647  |  CEP 70340-902

brasilia@adjoribrasil.org.br  |  presidencia@adjoribrasil.org.br  |  editorial@adjoribrasil.org.br