área fase de testes.fw.png

Programação do Congresso da Adjori/PR inicia com foco no conteúdo dos jornais do interior

Neste sábado (16), proprietários, jornalistas e especialistas estão reunidos em Campina Grande do Sul-PR para debater as perspectivas do jornalismo local

Foto: Louise Françõis
"É importante retratar o que acontecia na comunidade, reforçar os laços daquela comunidade", diz Voitch"

A manhã deste sábado começou com debate sobre o papel dos jornais do interior durante o 25º Congresso da Adjori/PR. O primeiro palestrante, jornalista Guilherme Voitch, afirmou que a grande crítica aos jornais de municípios menores é, na verdade, seu motivo de orgulho. 

"Quando se pensa em jornal do interior, se critica muito a credibilidade", diz Voitch. Isto porque o jornal do interior é taxado de fofoqueiro, mas a fofoca, diz ele, fez parte da história da humanidade como ferramenta de união da comunidade.


Voitch destacou a importância da informação local Foto: Louise Françõis

A fofoca faz parte do jornal do interior "porque é importante retratar o que acontecia na comunidade, reforçar os laços daquela comunidade", diz Voitch. O grande trunfo deste jornalismo é a proximidade e capacidade de se alinhar com a identidade cultural dos seus leitores e anunciantes.

"O conteúdo é rei"

Na sequência, Aline Lúcia Deparis, CEO da Maven (empresa especializada em tecnologia para conteúdo web e mobile) falou sobre Conteúdo Digital - Novas Experiências e Estratégias.

Segundo ela, "o conteúdo é rei". Não importa qual o meio que se utiliza para contato com o leitor, mas sim o conteúdo disponibilizado - o grande produto dos jornais. "Precisamos formatá-los para cada canal, o conteúdo precisa se complementar e não se substituir".


Aline: "Conteúdo é rei"                              Foto: Louise Françõis

Mundo Digital e o Google

O especialista em marketing de web, Gilberto José Pacheco, mostrou como os jornais precisam "conversar" com as facilidades do Google no mundo digital e extrair o melhor para a sua empresa. 

Ele afirmou que as facilidades oferecidas por essa ferramenta estão mudando o comportamento humano e que "não estamos preparados para toda essa novidade e que o conteúdo que vai para a internet precisa ser diferente daquilo que está nos impressos, mas que é possível fazer um belo texto e alcançar toda a distribuição possível usando a força do outro".



Tendências e possibilidades gráficas para o jornalismo

Lyn Jannuzzi, designer gráfico que já foi editor executivo de Arquitetura e Design da Informação do jornal Gazeta do Povo, palestrou sobre os projetos gráficos dos jornais. "Se as pessoas do design gráfico não trabalharem desde a concepção da pauta, não funciona. O design começa quando a matéria é pensada. Com essa integração a forma de apurar a matéria muda, a forma de se pensar o material que precisa ser feito muda".

Ele deu 3 exemplos de redesenhos recentes de jornais impressos. As características em comum são redução de páginas e material mais "enxuto". "Precisamos de honestidade editorial. Um jornal pequeno não deve tentar parecer com o New York Times, não vai dar certo. Precisa se encaixar em sua realidade e, aí sim, irá entregar um material de sucesso".



>>> Cerimônia de abertura do 25º Congresso da Adjori/PR é realizada nesta sexta-feira

>>> Adjori Brasil já tem novo presidente: Elízio Siqueira

>>> Valorização dos jornais locais e informação com credibilidade é abordada por Carlos Alberto Di Franco

>>> Estratégias para aumentar o faturamento dos jornais encerram programação do Congresso da Adjori/PR


Sem título-4.fw.png
Sem título-4.fw.png


EDITORIAS
Logo Adjori BR rodapé.fw.png

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS DO INTERIOR DO BRASIL

SRTVS Quadra 701, Conjunto E - Bloco 01, nº 12, sala 209 - Brasília - DF  |  (061) 3964-1647  |  CEP 70340-902

brasilia@adjoribrasil.org.br  |  presidencia@adjoribrasil.org.br  |  editorial@adjoribrasil.org.br