Badesc Cidades Juro Zero é aprovado na Assembleia
26/4/2013 11:35:00
Agência de Fomento vai repassar os recursos para as prefeituras e os juros serão subsidiados pelo Governo do Estado

O Projeto de Lei (PL) 46/13, que institui o Programa Badesc Cidades Juro Zero, de autoria do Governo do Estado, foi aprovado em plenário pelos deputados na manhã de quinta-feira (25). A partir de agora, os investimentos das prefeituras catarinenses que forem financiados pela Agência de Fomento de Santa Catarina – Badesc terão os juros subsidiados pelo Governo do Estado. 

Desde o lançamento do programa, em fevereiro, até esta semana, o Badesc já recebeu 140 solicitações e a demanda é superior a R$ 270 milhões. “A principal demanda é por pavimentação asfáltica e aquisição de máquinas e equipamentos, principalmente pelos prefeitos que estão no primeiro mandato. Mas esta linha de crédito também financia outros investimentos, como construção de pontes, escolas, postos de saúde, melhorias no transporte escolar, obras de saneamento básico, entre outras. É um grande incentivo para os municípios e que gera qualidade de vida para a população”, salienta o presidente do Badesc, João Paulo Kleinübing.

O Badesc Cidades Juro Zero vai disponibilizar pelo menos R$ 350 milhões que ficarão à disposição de todos os municípios catarinenses, independentemente do tamanho ou do número de habitantes. O valor repassado vai variar de acordo com a capacidade de endividamento de cada prefeitura. Em 2012, pelo Badesc Cidades, foram repassados mais de R$ 196 milhões para o setor público.

“Temos uma equipe com amplo conhecimento e experiência em financiamentos para o setor público para agilizar o processo e a aprovação do crédito”, complementa Kleinübing. Em 2012, 90% dos municípios foram atendidos. A meta agora é chegar a 100% com essas novas condições.  

Ver comentários
Escrever comentários
Adjori  Brasil
Endereço
Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901
Centro - Florianópolis -SC
CEP: 88.015-090

(48) 3298-7979
Logo Rodapé
Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina