CONQUISTA

Aline em terceiro na Maratona do Japão

19 Novembro 2015 12:13:00

Aline Rocha conquistou o terceiro lugar na 35ª Maratona de Oita.

ALINE ROCHA.jpg
Pela segunda vez, Aline Rocha volta do Japão com sucesso.

Pela segunda vez, a atleta Aline Rocha, que compete nas provas de corridas em cadeira de rodas, volta do Japão com o troféu de 3º lugar, porém dessa vez a conquista foi significativamente mais importante. A participação na prova de maratona (42.195m) tinha como intuito, homologar uma marca mais expressiva em provas dessa distância, entrando para o Ranking Mundial e estabelecer o índice mínimo para participar dos Jogos Paralímpico do Rio de Janeiro em 2016. As expectativas de subir no pódio eram pequenas, mas ela conseguiu.

Todos os anos, a cidade de Oita, no Japão, realiza a Oita International Wheelchair Marathon que em sua 35º edição recebeu 77 atletas na prova de maratona (07 mulheres e 70 homens) e outros 155 (14 mulheres e 141 homens) somando um total de 232 atletas. Esses números fazem da Maratona de Oita a corrida de rua mais tradicional e importante do mundo para a categoria Corredores em Cadeira de Rodas. O evento é dividido em prova de maratona (42.195m) e meia-maratona (21.097m), sendo que a primeira reúne os atletas da elite mundial da categoria e a segunda com atletas emergentes. O percurso plano e rápido fazem com que esse evento seja o mais atrativo para atletas que buscam melhorar suas marcas, bem como a quebra de recordes mundiais.

No ano de 2014, Aline Rocha esteve no Japão para participar da prova de Meia-Maratona, onde conseguiu subir ao pódio conquistando o 3º lugar. O resultado colocou a atleta entre as melhores do mundo, porém os planos para representar o Brasil nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016 ainda estavam distantes. Ao longo de 2015, Fernando Orso Alves, técnico da atleta, precisava fazer uma escolha difícil: Participar da Meia-Maratona para tentar subir no lugar mais alto do pódio ou participar da Maratona, visando estabelecer uma marca expressiva, melhorando a posição no ranking mundial, porém sem expectativas de pódio. Para atingir a meta de ser convocada para representar o Brasil nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016, era necessário aproveitar a oportunidade de ir ao Japão para estabelecer uma marca que colocasse entre as 06 melhores do mundo. 

HOTEL JATAGUÇA - café outubro.jpg
SOSDesaparecidos.fw.png
NAMAI_PrimAniv_Jornal_11x16cm.jpg
UNOESC.jpg
2-Folha da Manhã.jpg
logo - rodape.JPG

Rua Francisco Lindner 274 Ed. RM - 2º andar - Sala 03, centro/ Joaçaba - SC - Brasil / Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Empresa Jornalística Folha da Manhã