Volta às aulas com atividades diferenciadas

04 Agosto 2018 05:04:23

Na abertura do segundo semestre letivo, alunos da Escola Núcleo Deolindo Zílio participaram de escalada de seis metros e aprenderam a vencer o medo.

Estudantes escalaram uma torre de seis metros de altura e se divertiram muito

Com o objetivo de estimular os estudantes a ir além, a se conectar com o mundo, a se desafiar e superar medos e obstáculos, a Escola Núcleo Deolindo Zílio proporcionou um dia diferenciado aos alunos na volta às aulas. Estudantes do pré-1 ao nono ano chegaram na segunda-feira, 30, e encontraram novidades no educandário.
Uma torre de seis metros de altura foi montada no pátio para servir de reflexão sobre o futuro, sobre os desafios que deverão ser superados, além, é claro, de servir para diversão da galerinha. Todos puderam fazer a escalada. Alguns optaram por olhar os colegas. A aluna Carolina Cerutti, de 12 anos, é estudante do 7º ano e mora em linha Bonita. Segundo ela, a volta às aulas no Deolindo é sempre especial e com novidades. "Aqui na escola sempre tem algo novo. Sempre podemos aprender com as novidades". Afirmou que a tecnologia também é assunto recorrente no educandário, o que cativa ainda mais a vontade de estudar e influencia positivamente o aprendizado. Sobre a torre, disse que não teve medo, pelo contrário achou divertido.
Outra novidade foram os relógios colocados no corredor da escola com horários de diversos países do mundo, a exemplo do Japão e da Inglaterra. A diretora da EN Deolindo Zílio, Deyze Paludo, explica que o objetivo maior das atividades do retorno das aulas é desafiar os alunos. "Temos o segundo semestre do ano letivo, então propomos novos desafios conectados ao mundo. Por isso, temos relógios conectados a vários fuso-horários distribuídos pela nossa escola. E com os desafios da escalada, descobrimos que muitos alunos têm medo de altura". A diretora acrescenta que a torre representa os obstáculos que as crianças e jovens precisam superar nesse novo semestre.
Durante o recesso escolar, os professores tiveram uma semana de formação, onde foram propostos novos desafios para os estudantes. "A gente estudou bastante sobre a escola do século XIX e o aluno do século XXI. Então, esses desafios vão continuar durante todo o semestre".

Atividades

A diretora da Escola Núcleo Deolindo Zílio, Deyze Paludo, destaca que diversos trabalhos estão sendo planejados, como o lançamento de um livro feito pelos alunos, além de uma semana com atividades especiais para marcar o Dia do Aluno, comemorado no dia 11 de agosto.


SOSDesaparecidos.fw.png
891072570.jpg

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Jornal FolhaSete