2ª edição do livro Max von Lassberg estará disponível

13 Dezembro 2018 09:40:16

A obra designada "Max von Lassberg: vida, obra, tributos", conforme sugere o título, é um livro biográfico, porém percorre a história das colonizações teuto-brasileiras acontecidas no Rio Grande do Sul e as consequentes formações coloniais de Serro Azul (RS), Porto Novo (SC), Puerto Rico (Ar), além de outras repercussões. Os principais fatos aconteceram entre 1860-1930, porque neste período (1) os jesuítas foram expulsos da Alemanha (1872) e muitos deles vieram trabalhar no Rio Grande do Sul, a exemplo do Pe. Max von Lassberg; (2) os imigrantes alemães estavam abandonados, empobrecidos e desorganizados; (3) os jesuítas (e outros) organizaram os colonizadores em associações com objetivos sócio-econômico-educacionais; (4) foram pesquisadas e criadas áreas para assentamento de teuto-brasileiros.

Max von Lassberg foi um pastor religioso, apaixonado por aventuras, pela natureza, pelas cavalgadas, sempre direcionadas para a cura das almas e das colonizações dos imigrantes europeus, especialmente alemães. O livro "Max von Lassberg: vida, obra, tributos" narra grandes aventuras vividas por este missionário das novas colonizações. Ele mesmo escreve sobre as peripécias e aventuras vividas nos primeiros tempos em Serro Azul (Cerro Largo/RS e arredores), em Dourado e região - RS (local previsto para instalar o que futuramente aconteceu em Itapiranga), em Porto Rico - Missiones, Argentina e em Porto Novo/SC. Pe. Max descreve como chegaram a Porto Novo, como foi a primeira missa e narra o que fizeram em Itapiranga durante 30 dias do mês de julho de 1926, 3 meses após a fundação. As grandes viagens a cavalo de Pe. Max não são apenas passeios, mas foram maneiras que o religioso encontrou de unir o agradável com projetos sociais relevantes.

Ao ler o livro (192 páginas, 83 imagens, colorido), o leitor poderá entender o processo que criou Porto Novo, Serro Azul e Porto Rico, com excursões para fatos correlacionados. No estudo de contextualização, o livro dedica algumas páginas às Reduções Jesuíticas sobre as quais foram construídas Serro Azul e Porto Rico; descreve as origens familiares e com ela as causas da vinda dos jesuítas ao Sul do Brasil; estuda os esforços, os sucessos e fracassos vividos por líderes (Pe. Amstad, Pe. Max, Pe. Rick) para organizar os colonizadores em associações (Bauernverein, Cooperativismo, Volksverein); mostra e relata as áreas desejadas e estudadas para concretizar colonizações étnicas e/ou confessionais; explica como e porque milhares de teuto-alemães sul-rio-grandenses foram morar na Argentina, cujos parentescos estão sendo descobertos pelas famílias apenas atualmente.

Padre Lassberg foi amigo pessoal e companheiro de projetos de colonização de um agrimensor protestante, Carlos Culmey. Trabalharam juntos nos começos de Cerro Largo, em Santo Cristo e depois na Argentina: Porto Rico, Monte Carlo, Capiovi, Cunhapiru. Culmey colonizou a região que futuramente se desdobrou em uma dezena de municípios, onde é cultuado como fundador: Palmitos, São Carlos, Riqueza, Caibi, Cunhataí, Pinhalzinho, Saudades, Maravilha. Na parte final do livro, é apresentado um relato sucinto da obra de Carlos Culmey.

A posteridade reconhece a grande obra do Pe. Max von Lassberg e lhe presta homenagens (tributos) batizando lugares, escolas, ruas e até empreendimentos comerciais com o seu nome.

Pontos de venda

A 2ª edição da obra estará disponível a partir do dia 20/12 nos seguintes pontos: em São João do Oeste no Bazar Cor e Amor, em Itapiranga na Papelaria Dadylandy e com o autor em La. Cristo Rei/SJO ou fone 3637 0016 ou WhatsApp 991240955.



EDIÇÃO IMPRESSA

Capa



VÍDEOS



Endereço:
Rua: São Bonifácio, N78, Centro
Itapiranga - SC - Brasil - CEP: 89896-000
Telefone: (49) 3677-0907