SÃO JOÃO DO OESTE

Pescados Estância Royer produz e comercializa filé de Tilápia

27 Março 2019 14:18:40

O empreendimento surgiu para agregar valor ao pescado. No momento o mercado local está absorvendo toda a produção

Vandro Welter

Localizado em La. Macuco, na estrada geral para La. Chapéu, Pescados Estância Royer aloja 25 mil Tilápias em sete tanques. A matéria prima é transformada em filé. O abate é semanal e iniciou em 30 de maio de 2018. Os alevinos são provenientes de Ilhota/SC. Apesar de possuir autorização para comercializar nos 19 municípios da Ameosc, a comercialização ocorre apenas para restaurantes, mercados, comércio de São João do Oeste e diretamente ao consumidor. O propósito é abater somente a produção própria, visando a agregação de valor.

O frigorífico surgiu com a dificuldade de vender o peixe vivo por um preço justo. No início a burocracia e o nível de exigência da legislação chegaram a desanimar os proprietários. Hoje a produção e a comercialização do filé estão superando as expectativas.

Conforme o sócio proprietário, Orlando Royer, a maior dificuldade para iniciar a atividade foi a burocracia. Segundo ele, foram dois anos de encaminhamentos até obter a liberação da inspeção municipal. Orlando menciona a necessidade de projeto arquitetônico da construção do abatedouro, encaminhamentos junto aos bombeiros, vigilância sanitária, obtenção de Alvará, CNPJ, Cidasc, necessidade de ter um responsável técnico, entre outros.

Segundo Royer, atualmente um dos entraves da atividade é o comércio clandestino de filé. "O comércio clandestino escapa do pagamento de impostos e foge de custos fixos que são normais para quem está em dia com os órgãos públicos".

Quem trata os peixes todos os dias e reside próximo dos tanques e do frigorífico é o Jones Thiel. Segundo ele, as tilápias atingem o peso ideal para o abate após estarem alojadas pelo período de sete a oito meses, quando atingem um peso aproximado de 800 a 900 gramas.

De acordo com Jones, o abatedouro mede 8x4 metros e possui oito subdivisões e ambiente climatizado. Conforme ele, o trato dos peixes é efetuado por uma pessoa, mas quando ocorre o abate há a colaboração de quatro pessoas. Informa que nos sete tanques são tratados diariamente oito sacos de ração de 25 kg.

"O abatedouro possui carro específico para fazer entregas. O mesmo está legalizado pela vigilância sanitária da prefeitura", esclarece Jones Thiel.

O contato dos Pescados Estância Royer é 3195 1040 e 999083943.




EDIÇÃO IMPRESSA

Capa



VÍDEOS



Endereço:
Rua: São Bonifácio, N78, Centro
Itapiranga - SC - Brasil - CEP: 89896-000
Telefone: (49) 3677-0907