PAGAMENTOS

Pix dá início às operações

Novo sistema permite transferências sem custos

Agência Brasil


Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil/

Depois da fase de operação restrita, o Pix - sistema de pagamento instantâneo - entrou em funcionamento pleno no início desta semana. Agora, todas as pessoas e empresas com conta corrente, poupança ou conta de pagamento pré-paga em uma das instituições aprovadas pelo Banco Central já podem fazer transferências pelo novo sistema que vai funcionar por 24h todos os dias. Hoje, são 734 instituições com o Pix disponível para toda a base de clientes.

Segundo o Banco Central, não há limite mínimo para pagamentos ou transferências pelo novo sistema. Já as instituições que ofertam o Pix podem estabelecer limites máximos de valor para reduzir de riscos de fraude e lavagem de dinheiro.

Como utilizar 

Para fazer transferência ou pagamento, bastar ter a chave de quem vai receber o dinheiro, em vez de informações sobre agência, conta e dados pessoais do recebedor. A chave Pix previamente cadastrada pode ser CPF, CNPJ, e-mail, número de celular ou chave aleatória (uma sequência alfanumérica gerada aleatoriamente que poderá ser utilizada por usuários que não queiram vincular seus dados pessoais às informações de sua conta). O recebedor também pode gerar QR Codes.

O Pix deve ser gratuito para pessoas físicas nas operações de transferência e de compra. As exceções serão o recebimento de vendas de produtos e de serviços, que poderão ser tarifadas pelas instituições financeiras. Também pode haver cobrança se os clientes (pessoas físicas e jurídicas) que, podendo fazer a transação por meio eletrônico (site ou aplicativo), preferir fazê-la presencialmente ou por telefone. Nesse caso, as instituições poderão cobrar tarifas. Dúvidas podem ser sanadas no site do Banco Central - https://www.bcb.gov.br.



EDIÇÃO IMPRESSA

Capa



VÍDEOS



Endereço:
Rua: São Bonifácio, N78, Centro
Itapiranga - SC - Brasil - CEP: 89896-000
Telefone: (49) 3677-0907