Custo de produção sobe, mas produtor de leite mantém otimismo: “Aumentando ao máximo a qualidade, os

Investimento em pastagens perenes pode reduzir custos de alimentação do rebanho leiteiro

IMG_8827.JPG

O custo de produção de leite vem subindo significativamente nos últimos tempos. Diante do aumento do preço dos principais insumos e da ração, os produtores de leite buscam alternativas para seguir com boa margem de lucratividade. O produtor de leite Aloisio Endler comercializa em média 6 a 7 mil litros mensais. Segundo ele, a alimentação do plantel é feita a base de pastagem e no cocho é complementada com silagem e um pouco de ração. Endler enfatiza que possui implantada pastagem perene, visando baixar o custo de produção. “No momento o custo de produção por litro é bastante alto, uma vez que os insumos tais como adubo, ureia, ingredientes da ração e semente de milho aumentaram bastante recentemente”, lamenta o produtor.

Ele destaca que apesar dos altos custo é necessário o fornecimento de proteína ao rebanho leiteiro e uma das formas é através da ração. Para Aloísio, é importante os produtores de leite realizarem investimentos constantes a fim de progredir e melhorar o leite produzido. “Aumentando ao máximo a qualidade do leite, os resultados também serão satisfatórios”, finaliza.

EDITORIAS

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Globo Regional