Projetos da construção civil atingem números recordes em Balneário Piçarras

Em números ainda mais precisos, os projetos protocolados este ano na Secretaria de Planejamento somam um total 268.254 metros quadrados, contra 173 mil metros quadrados do ano passado

1Balneário Piçarras - Foto Marcelo Sokkal (2).jpg
Foto: Marcelo Sokal
“Podemos observar que a nossa cidade tem tido um crescimento estrondoso

A Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico Sustentável de Balneário Piçarras acaba de divulgar um relatório que aponta para o crescimento recorde da construção civil no município. Somente neste ano, 334 solicitações por alvarás de construção foram protocoladas para estudo do corpo técnico da pasta e poderão resultar em quase 270 mil metros quadrados construídos – maior metragem na história do município. A metragem é 55% maior em comparação com o ano passado.

Em números ainda mais precisos, os projetos somam 268.254 metros quadrados, contra 173 mil metros quadrados do ano passado. Os dados são os maiores já registrados pelo município – ao menos desde que os dados passaram a ser arquivados digitalmente, transição que ocorreu em 2010. O alvará de construção é obrigatório e passa por diversas etapas de análises técnicas até sua concessão.

“O documento é importante para confirmarmos que a obra está dentro dos parâmetros urbanísticos do município, que é definido de acordo com o Plano Diretor”, explicou a secretária de Planejamento e Desenvolvimento Econômico Sustentável, Deisy Cristine da Silva Martins. Para receber o alvará, o proprietário deve apresentar documentos referentes à obra e guias governamentais pagas.

Além disso, também ocorrem vistorias no local - porém tudo dentro de um prazo estipulado. “Todos os prazos são cumpridos rigorosamente. Buscamos sempre dar agilidade e desburocratizar os processos de concessão de alvarás de construção em nosso município”, frisou Deisy.

FATORES DE CRESCIMENTO

De acordo com o prefeito Leonel Martins, o desenvolvimento da construção civil na cidade se deve à um conjunto de fatores. “Podemos observar que a nossa cidade tem tido um crescimento estrondoso nos últimos anos, indo de encontro ao cenário encontrado em demais municípios e isso não é à toa. O empresário busca segurança para investir e nós compreendemos este recado e proporcionamos um ambiente seguro de investimento”, exaltou.

O prefeito destaca algumas ações como base para a contextualização desse ambiente favorável de investimento. “Balneário Piçarras hoje é uma cidade bem organizada, de zeladoria urbana eficaz, com uma praia de certificação internacional, investimentos na captação e tratamento de esgoto, educação e saúde de qualidade diferenciada, atendimento ao empresário com uma equipe extremamente técnica e ágil, além de outras tantas ações que cativam quem vem investir em nossa cidade”, apontou Leonel.

Para o gestor, todos esses pontos estão alinhados às potencialidades naturais do município. “Os atrativos naturais fazem de Balneário Piçarras uma cidade apaixonante por natureza, agraciada ainda com uma localização estratégica e vocação para o turismo náutico. Temos orgulho da nossa cidade e da repercussão positiva a nível estadual que ela está tendo”, ressaltou.

 

Obras públicas reforçam crescimento da cidade

O município está na última fase da verificação de projetos para a assinatura do contrato de empréstimo de R$ 30 milhões, provenientes do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). O recurso, junto de outras fontes, subsidiária obras como: ampliação da Avenida José Temístocles de Macedo (trecho 1 até a Rua 3750), requalificação da Avenida Getúlio Vargas, ampliação e urbanização dos molhes, colocação de volume de areia na praia e a nova ponte de divisa com Penha.

As licenças necessárias já estão em curso. “Os benefícios dessas obras vão muito além de potencializar o turismo e a pesca. Irão aumentar a mobilidade urbana do município”, finalizou o prefeito. Com o desenvolvimento, a cidade passa a receber a cada ano, um maior número de pessoas. De acordo com o IBGE, Balneário Piçarras hoje é a oitava cidade que mais cresce – em termos populacionais – proporcionalmente em Santa Catarina. O número é positivo, mas também requer atenção.

“Observamos o crescimento populacional de perto, a cidade tem tido um número significativo de novos moradores e veranistas desde 2013. Fizemos – em 2016 – um planejamento de obras urbanas necessárias e conseguimos – em 2018 e 2019 – recursos para a execução de grande parte. Já iniciamos também o levantamento das necessidades para nossa cidade no futuro, pensando na continuidade do desenvolvimento da cidade”, finalizou o prefeito.





14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio