Aluna de Penha é selecionada para fase internacional das Olimpíadas de Astronomia

A jovem vai disputar com estudantes de exatas do Brasil e do mundo uma prova desafiadora.

Tatiana Larissa de Souza - Aluna do EJA.jpeg
Foto: Divulgação
Tatiana recebeu uma medalha e um certificado pelo desempenho,

Aos 21 anos de idade, Tatiana Larissa de Souza - aluna da Escola de Jovens e Adultos (EJA), de Penha - está se preparando para um grande desafio. Ela foi selecionada para as Olimpíadas de Astronomia promovidas pela escola da Agência Espacial Brasileira (AEB) e Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), com patrocínio do Conselho Nacional de Conhecimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e universidade UNIP Paulista. .

A jovem vai disputar com estudantes de exatas do Brasil e do mundo uma prova desafiadora. Estimulada pelos professores Wagner Luiz de Menezes e Kathryn Klöppel Martins, de espanhol e matemática, respectivamente, Tatiana estudou bastante. Ela cursa o Ensino Médio no EJA, que condensa os conteúdos de 1º ao 3º ano, e revela ter bastante gosto pelas ciências exatas. No último dia 17 de maio, veio a prova, e em seguida, a informação de que ela estava classificada à fase internacional.

Tatiana recebeu uma medalha e um certificado pelo desempenho, e agora está no aguardo da data da fase internacional, cuja prova será ‘on line’. O que já se sabe é que será em 2020, o que dará bom tempo para aprimorar seus estudos. Ainda não há data ou local da prova – que como será aplicada via internet, possivelmente será novamente na escola ou na casa da aluna, acompanhada por observadores.

A jovem revela que tem boas notas em matemática, física, química, biologia, e estuda no EJA desde 2018. Tatiana não esconde que dentro dessas áreas, se sai bem em temáticas ligadas à astronomia e astrofísica, e gosta de fazer cálculos. “Também adoro estudos ligados à presença do homem na lua”, confessa. A própria Tatiane assegura ser feliz por estudar na EJA - superando resistências por ser uma escola para jovens e adultos. “Muitos têm receio de voltar a estudar, de se deparar com comentários, mas nunca é hora de recomeçar e avançar”, aponta ela.

 

 





14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio