Professores de Balneário Piçarras se unem para formar associação

06 Maio 2019 13:34:49

Um grupo se reuniu em Assembleia para fundação da Associação de Professores de Balneário Piçarras (APEBAPI); “Precisamos ter uma maior união em prol dos nossos direitos”, definiu professor Cesar

FELIPE BIEGING, JORNALISTA
professor
Foto: Ilustrativa
“Deixamos bem claro, que a APEBAPI, Associação dos profissionais da educação de Balneário Piçarras, desde sua formação, não tem nenhum vinco político dentro do município”

Os professores de Balneário Piçarras deram um passo importante para organização e mobilização da categoria. No último dia 27, um grupo se reuniu em Assembleia para fundação da Associação de Professores de Balneário Piçarras (APEBAPI). “Foi a nossa primeira reunião, fizemos e discutimos o estatuto e algumas alterações. Vamos nos encontrar novamente para finalizar a formação”, adiantou o professor, Antônio Cesar Marques Peixoto.

Segundo o professor Antônio, a formação da associação de professores vai englobar a rede municipal e as escolas particulares. “Buscamos com certeza, o fortalecimento da nossa classe...Precisamos ter uma maior união em prol dos nossos direitos”, completou. A associação terá uma diretoria inicial fundadora e alguns professores convidados para sua formação inicial.  “Achamos bem positiva. Tivemos a participação de vários professores de diversas unidades escolares...quem sabe na próxima vez, teremos mais ainda”, analisou.

De acordo com o professor, os professores que estão organizando a associação garantem que, desde sua formação, a entidade que não tem nenhum vínculo político e sim a intenção de maior organização da classe e poder nas discussões perante os direitos dos professores no município. “Deixamos bem claro, que a APEBAPI, Associação dos profissionais da educação de Balneário Piçarras, desde sua formação, não tem nenhum vinco político dentro do município”, finalizou Cesar.

 

 






14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio