Mariana Costa é vice-campeão Sul-Americana de Xadrez

Competição foi sediada em Foz do Iguaçu e reuniu jogadores de vários estados brasileiros e países vizinhos

Xadrez Mariana.jpg
Foto: Faceboook
“Mariana é muito talentosa, mas talento apenas não basta para chegar tão longe”

A enxadrista de Penha, Mariana Nara Santana da Costa (9 anos), conquistou o vice-campeonato do Sul-Americano de Xadrez, disputado o último domingo, 15, em Foz do Iguaçu. Ela se sagrou vice-campeã na categoria sub-9 após vencer 5 das 6 partidas que disputou – perdendo apenas para a campeã, a paranaense Yasmin Zaika de Souza Pinto, de Ponta Grossa.

O papai e treinador Maico da Costa não poderia estar mais orgulhoso: “Mariana é muito talentosa, mas talento apenas não basta para chegar tão longe”, conta. Foram dois meses de treinos diários, com preparação específica para esta competição. Esse foi a maior conquista do xadrez de Penha.

As vitórias de Mariana no Sul-Americano foram contra jogadores que também foram vencedoras em suas cidades e regiões natais: Maria Heloísa (Manoel Ribas, PR), Kariny Kaory  (Campo Grande, MS), Larrisa D’Agostim (Içara, SC), Eduarda Frasseto (Florianópolis) e Claudia Castilho (Maracaju, Mato Grosso).

“Eram exatos 10:10 da manhã, domingo 15 de dezembro, depois de 1 hora e 10 minutos de jogo no salão do Hotel Foz do Iguaçu, Mariana se levanta da mesa de jogo e vem ao meu encontro, correndo com um sorriso no rosto, "pai venci" era sua 5° vitória que já garantia o vice campeonato Sul Americano de Xadrez Escolar 2019”, narrou Maico.

Mariana é  atleta do Projeto Contraturno,  executado pela Fundação Municipal de Esportes (FME) e Secretaria de Educação e Cultura - que oferece atividades esportivas aos jovens na outra metade do dia em que não estão na escola. “É um grande bônus que além de todas as coisas boas que o esporte proporciona na vida dos jovens, também descubra e incentive talentos, que estão levando o nome de Penha para grandes competições nacionais”, acredita o superintendente da FME, Carlos César de Souza.

Essa foi apenas a maior, mas não única conquista da atleta de Penha que mais acumulou títulos e medalhas em 2019. Mariana ficou em quarto lugar no Campeonato Brasileiro Escolar de Xadrez, foi campeã da Liga Norte Catarinense, bicampeã do Torneio Regional de Xadrez Escolar de Itajaí, e também do Circuito de Xadrez Escolar de Itajaí, do Festival do Instituto Poly,  do Festival da ASPMI, do Festival Mexe de Xadrez em Blumenau, e, claro, campeã da categoria sub-10 do 2º Aberto de Xadrez de Penha, sua cidade.

 

Imagens






14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio