Alertas de desastres naturais chegam às TVs por assinatura em Santa Catarina e no Paraná

04 Junho 2019 20:55:11

Expectativa é ampliar a oferta para todo o Brasil até o fim do ano. Medida complementa o serviço via SMS já disponibilizado pela Defesa Civil Nacional

23769877.jpg
Foto: Defesa Civil
Alertas via SMS

Usuários de TV por assinatura do Paraná e de Santa Catarina agora têm uma nova ferramenta para a prevenção de desastres naturais: um sistema que emite alertas de risco diretamente em seus televisores. O projeto-piloto foi desenvolvido por meio de uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e visa oferecer mais uma plataforma de comunicação com a população em momentos prévios a ocorrências, dando mais segurança e proteção às pessoas.

A medida é complementar ao envio de notificações via SMS para celulares já cadastrados e, também, pelo Google Alertas Públicos, como destaca o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas. “É mais um instrumento para que possamos preservar vidas humanas e minimizar prejuízos econômicos”, afirma o secretário.

O serviço, gratuito e sem necessidade de cadastro, informa previamente sobre a ocorrência de chuvas intensas, vendavais, deslizamentos e outros fenômenos naturais com potencial de riscos à população.

Segundo o coordenador de Monitoramento e Alerta do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Tiago Schnorr, esta primeira etapa será de testes. Desde o último dia 20, os usuários de TV por assinatura em Santa Catarina e no Paraná começaram a receber mensagens informando sobre a disponibilidade do serviço e como ele funciona.

“Começamos por esses dois estados porque são regiões do País com histórico de grandes volumes de chuvas e existência de áreas de risco. Sempre que houver um alerta de nível alto ou muito alto, as Defesas Civis estadual e municipal vão poder enviar a mensagem via TV por assinatura. Uma situação pontual, por ora, é que o aviso está sendo enviado a assinantes em toda a cidade, não apenas na área de risco. Mas vamos trabalhar para aperfeiçoar esse modelo nos próximos meses”, destaca Tiago Schnorr.

A previsão é que a iniciativa seja disseminada por todo o País até o fim do ano, de forma gradativa. O projeto é fruto de uma articulação entre a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do MDR, a Anatel, operadoras de TV e órgãos estaduais e municipais de defesa civil. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações, o Brasil tem 16 milhões de assinantes individuais de TV paga.

Alertas via SMS

Desde 2017, sempre que são identificadas situações de risco que possam acarretar desastres naturais, uma mensagem de SMS é enviada a números cadastrados no sistema da Defesa Civil Nacional. Os avisos são gerados pelo Cenad, resultado de um trabalho em conjunto com as defesas civis de estados e municípios. Já foram mais de 11 mil alertas encaminhados a todas as regiões do Brasil. A ação é coordenada também pelo MDR, em parceria com a Anatel.

Qualquer cidadão pode receber informações sobre localidades em todo o País. Para se cadastrar, basta enviar um SMS com o CEP de interesse para o número 40199. De imediato, a seguinte mensagem confirmará o êxito da operação: “Cadastro realizado com sucesso. O celular está apto a receber alertas e recomendações de defesa civil. Para cancelar, envie SAIR e o CEP para 40199”.

É permitido cadastrar mais de um CEP. E, se o usuário quiser saber quais localidades estão habilitadas naquele celular, basta enviar a palavra CONSULTA para o mesmo número.

Imagens






14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio