Balneário Piçarras receberá R$ 2,7 milhões para ampliar projeto de coleta seletiva

Projeto de Balneário Piçarras foi aprovado preliminarmente em primeiro lugar nacional pelo Ministério do Meio Ambiente e receberá recursos do Governo Federal para sua aplicação em 2020

Coleta Seletiva em Balneário Piçarras.jpeg
“O Recicla Aí é um marco na história ambiental de Balneário Piçarras

O Ministério do Meio Ambiente publicou o resultou preliminar do Edital de concorrência para o repasse de recursos financeiros a projetos de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos. A proposta de Balneário Piçarras, o Recicla Aí, foi classificada como a primeira colocada entre treze cidades brasileiras contempladas e receberá R$ 2.742.500,00 em recursos federais para aprimorar seu trabalho de coleta seletiva.

A proposta local somou 91 pontos, contra 78 pontos das últimas duas cidades aprovadas: Pirenópolis (GO) e Espírito Santo do Pinhal (SP). Foram aprovados preliminarmente ainda projetos das cidades de Marechal Cândido Rondon (PR), Itapipoca (CE), Piraquara (PR), Campo Verde (MT), Ivaiporã (PR), Irapuru (SP), Igarapé (MG), Santo Ângelo (RS), Costa Rica (MG) e Santo Antônio da Patrulha (RS).  Os municípios agora irão encaminhar uma série de outros documentos. Os que não cumprirem os prazos, poderão ser substituídos.

“O Recicla Aí é um marco na história ambiental de Balneário Piçarras, elevando a gestão de resíduos sólidos urbanos da cidade. Com a inauguração de uma das mais modernas estações de tratamento de efluentes de Santa Catarina e a certificação bandeira azul, o município a torna-se referência em sustentabilidade”, exaltou o presidente da Fundação do Meio Ambiente (FUNDEMA), Marcos Zaleski.

O resultado do Edital de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos foi publicado no Diário Oficial da União no dia 11 de novembro. Balneário Piçarras foi a única cidade catarinense classificada, até 200 mil habitantes. A ideia, protocolada pela FUNDEMA, conta com uma série de ações para fortalecer a cultura da separação de lixo na cidade. Os trâmites burocráticos para aplicação do projeto já começam em dezembro.

Em resumo, o “Recicla Aí” – nome destinado ao projeto – contará com a instalação de 16 Ecopontos 24h, 200 lixeiras nas avenidas principais, aquisição de um novo caminhão que possibilita o recolhimento de resíduos recicláveis e orgânicos em compartimentos separados, implantação de uma Central de Compostagem e um programa específico para a reutilização de resíduos orgânicos.

A Fundema disponibilizará baldes para o armazenamento de materiais orgânicos que serão recolhidos pelo novo caminhão da coleta seletiva. “Todo o lixo orgânico será destinado a Central de Compostagem para virar adubo que posteriormente será utilizado na arborização urbana, recuperação de ambientes com área degradada, hortas escolares e, também, oferecido à população e agricultores do município”, explicou Marcos.

Todas as ações previstas no projeto estão divididas em duas metas que serão aplicadas paralelamente, uma referente aos EcoPontos e outra sobre o sistema de coleta e compostagem de resíduos orgânicos. Com a aprovação do projeto, o município começa neste mês o planejamento de execução de toda a proposta que tem previsão para ser iniciada já no início de 2020.

Para o prefeito, Leonel Martins, o Recicla Aí será um divisor de águas nas políticas ambientais do município. “Este projeto eleva o patamar de Balneário Piçarras no quesito de Meio Ambiente, se tornando uma cidade sustentável reconhecida nacionalmente. Nossa cidade vem se tornando referência em diversas áreas da administração pública e isso é fruto de um trabalho sério e profissional. Não é à toa que Balneário Piçarras cresce nesse ritmo avançado”, exaltou o prefeito.

Conscientização

O Recicla Aí também traz um completo Plano de Comunicação para promover a conscientização da população quanto à importância da separação correta de lixo. “O projeto provocará uma grande mudança de hábitos na nossa população e a comunicação vem como elemento facilitador desse processo de mudança, com investimento em estratégias diferenciadas para fortalecer a importância da gestão consciente de resíduos sólidos”, pontuou o Diretor de Comunicação, Elinton Geremias.






14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio