CASAN retoma obras de esgoto em Balneário Barra do Sul

10 Maio 2019 13:23:01

A CASAN está investindo R$ 46.798.047,00 para atender mais de 17 mil habitantes

802c3e4a-1bd1-4e18-b69f-9df52fa97300.jpg
Paralelo às obras, a construtora Itajuí está retomando também o Projeto Socioambiental

Com máquinas, técnicos e operários na Rua Paulista, a empresa Itajuí, contratada pela CASAN, retomou as obras de implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Balneário Barra do Sul. Na próxima semana as atividades serão concentradas na Rua Pedro de Souza.

Interrompidos em setembro de 2016 devido a readequações do projeto da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), os trabalhos têm mais 12 meses de execução até o sistema ser colocado em regime de pré-operação, a partir de julho de 2020.

A colocação de redes já foi iniciada, devendo a construtora implantar mais 5,7 quilômetros até abril de 2020. O SES terá um total de 35,4 quilômetros de redes. A instalação de rede será interrompida em dezembro para não afetar o fluxo na cidade durante a temporada de Verão, retornando na sequência.

O novo projeto da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que teve de ser modificado devido às condições do terreno onde será instalada, já foi finalizado e está sendo submetido à avaliação dos técnicos da JICA, agência japonesa financiadora da obra. A unidade será pré-moldada, com capacidade para depurar até 35 litros por segundo.

Paralelo às obras, a construtora Itajuí está retomando também o Projeto Socioambiental, que consiste em manter a população informada sobre o cronograma de obras e explicar os benefícios que o sistema trará quando entrar em operação, o que deve ocorrer no segundo semestre do próximo ano.

A CASAN está investindo R$ 46.798.047,00 para atender mais de 17 mil habitantes, além da população flutuante do Verão, perfazendo ao total uma cobertura de coleta e tratamento de esgoto de 52%, uma das maiores do Estado.

Imagens






14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio