AMVALI prepara reunião para apresentar Projeto Maruim na Câmara de Barra Velha

Projeto Maruim da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (AMVALI) confirmaram para o dia 17 de julho às 18h na Câmara dos Vereadores de Barra Velha a reunião de apresentação da ideia central do projeto

a4ae1e_9bb06ab0d0204a1891de1edff7060422_mv2.png
Foto: Internet
O projeto é resultado de uma pesquisa iniciada em 2007

Os técnicos responsáveis pelo Projeto Maruim, da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (AMVALI), confirmaram para o dia 17 de julho às 18h na Câmara dos Vereadores de Barra Velha, a reunião de apresentação da ideia central do projeto. A participação da comunidade é fundamental, sobretudo dos agricultores do interior do município que sofrem constantemente com o Mosquito Maruim.

O projeto é resultado de uma pesquisa iniciada em 2007, viabilizada com recursos financeiros da AMVALI. Com o seu avanço, criou-se uma fórmula de um defensivo que apresenta eficácia de até 95% na eliminação do maruim, combatendo-o ainda na fase de larvas. Oito municípios participam do projeto: Jaraguá do Sul, Schroeder, Massaranduba Corupá, Barra Velha, São João do Itaperiú, Guaramirim e Luiz Alves,

Juntos, os municípios provaram para o ano de 2019 um orçamento de R$ 423.430,00, que serão destinados para a montagem do laboratório e aquisição de materiais para os primeiros experimentos. A expectativa é que a produção e distribuição do defensivo inicie ainda este ano.

O defensivo não será distribuído imediatamente. Serão realizadas outras oficinas nos locais onde existem focos de proliferação do mosquito que são os principais alvos. A AMVALI esclarece que o produto não será destruído a todos. “O objetivo é eliminar os focos de proliferação. As propriedades rurais, sobretudo os bananicultores, produtores de frango, porco e produtores de hortaliças são o público prioritário para a distribuição do produto”, afirmam.

 





14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio