Balneário Piçarras prepara ações contra o sarampo

Município fará duas campanhas estratégicas de estímulo à vacinação contra a doença que já tem 19 casos confirmados no Estado; entretanto, a vacina já está disponível em toda a rede municipal de saúde

vacina-vacinacao-imunizacao-14122018134140748.jpeg
Foto: Divulgação
"Recomenda-se completar o esquema vacinal com a segunda dose da vacina”, orienta a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Alessandra Reckziegel.

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Balneário Piçarras prepara um conjunto de ações estratégicas de prevenção ao sarampo. Entre os meses de outubro e novembro, campanhas de vacinação a públicos definidos serão desencadeadas na tentativa de imunizar um público máximo e reduzir a crescente da doença no Estado.

No primeiro período – de 7 a 25 de outubro - será realizada a vacinação de todas as crianças ainda não vacinadas com idade ente seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias). O dia D, de mobilização nacional será em 19 de outubro, um sábado, quando todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) estarão abertas.

No segundo momento – de 18 a 30 de novembro – o foco da vacinação se volta aos adultos jovens não vacinados na faixa etária de 20 a 29 anos de idade. Para eles, o dia D do ato está agendado para 30 de novembro. As pessoas desse grupo, que tomaram apenas uma dose, “recomenda-se completar o esquema vacinal com a segunda dose da vacina”, orienta a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Alessandra Reckziegel.

Apesar das campanhas de incentivo ganharem força nos próximos meses, a secretária de Saúde de Balneário Piçarras, Bruna Emanuela Machado, afirma que todas as UBS’s já estão ofertando a vacina. “Quem quiser se antecipar basta procurar a Unidade de Saúde do seu bairro. O foco deste trabalho é justamente a prevenção da doença que voltou a aparecer no Brasil em 2018 e agora em municípios da nossa região. Por isso, estar imunizado é crucial neste processo de contenção do surto”, recomendou.

Alessandra acrescenta ainda que os adultos de 30 a 49 anos precisam tomar apenas uma dose. Mulheres grávidas não devem tomar a vacina.

CASOS EM SC

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pelo Estado, Santa Catarina tem 19 casos confirmados – sendo 3 em tripulantes de um navio que atracou no litoral em fevereiro. Os outros 16 casos estão distribuídos geograficamente nos municípios de Florianópolis (12), Guaramirim (1), Barra velha (2) e Balneário Camboriú (1).





14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio