Balneoterapia ganha nova filosofia de trabalho com técnica de vivência intensa

“Esta técnica auxilia no autoconhecimento e também é uma grande aliada no combate da ansiedade e no estresse do dia-a-dia”

Balneoterapia4.jpg
As inscrições estão abertas à toda comunidade e feitas no próprio local.

O projeto terapêutico da Balneoterapia, da Secretaria de Saúde de Balneário Piçarras, vem ganhando uma nova metodologia de trabalho. A equipe técnica vem aplicando um conjunto de técnicas que ajudam a focar no momento presente, conhecida como Mindfulness. A prática acontece todas as quartas-feiras, às 8h – no Molhe Norte (descida da Avenida Getúlio Vargas).

“Esta técnica auxilia no autoconhecimento e também é uma grande aliada no combate da ansiedade e no estresse do dia-a-dia”, explicou a naturóloga da Secretaria, Isabela Bauer Carlini, que desenvolve projeto junto do educador físico, Bruno Mello. “O objetivo do Mindfulness é sair desse estado de falta de consciência e viver uma vida consciente do momento presente, dos seus sentimentos e sensações”, acrescenta.

Além da inclusão do Mindfulness, a proposta desde ano é que cada encontro tenha uma atividade diferente, tornando o projeto mais dinâmico. “Teremos os alongamentos, caminhadas e hidroginástica mas também vamos contar com outros profissionais da saúde para agregar nos encontros com práticas que promovam bem-estar e saúde”, detalhou a naturóloga.

As inscrições estão abertas à toda comunidade e feitas no próprio local. Cada aula tem duração de 45 minutos. A secretária de Saúde, Bruna Emanuela Machado, detalha que a Balneoterapia é indicada para pessoas com problemas de reumatismo, osteoporose, ciático, celulite, alterações metabólicas e psíquicas, esgotamento nervoso, distúrbios respiratórios e algumas doenças de pele.

A recomendação é para que as pessoas que irão participar tomem café da manhã, utilizem protetor solar e façam usam de trajes leves – além de levarem uma garrafa de água. “Na água, melhoramos a circulação sanguínea, diminuímos edemas, relaxamos a musculatura, entre outros benefícios. As aulas são abertas a toda a comunidade, seja qual for a idade. Afinal, todos podem se beneficiar de alguma forma com o que nossa praia tem a oferecer”, finalizou Isabela.

Imagens






14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio