Adjori/SC
logo
PRÓ MOVER inaugura 84 casas em Mirim Doce
21/2/2014 13:11:23
Prefeita Maria Luiza agradeceu o empenho da Entidade e da Caixa e parabenizou as famílias beneficiadas pelo PNHR
$alttext

Serra Velha, uma das comunidades mais longínquas do Alto Vale, no limite dos municípios de Mirim Doce e Santa Cecília, no Planalto Serrano, 26 famílias de agricultores foram contempladas com a casa própria via Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), do Governo Federal.

Das 26 famílias beneficiadas, 24 foram atingidas pela enxurrada de janeiro de 2011, no episódio em que a prefeita Maria Luiza acordou os moradores da cidade para escapar da cheia do rio depois de ter sido represado por desbarrancamento e enxurrada em vários pontos nas comunidades de Volta Grande e Serra Velha. A atitude da prefeita e de outros funcionários da prefeitura salvou várias pessoas que poderiam ter sido surpreendidos pela rápida elevação do rio. Susto, prejuízo, mas todos saíram com vida.

Além da inauguração das casas do grupo Fênix, da Serra Velha, no período da manhã desta quarta-feira, 19, à tarde foram inauguradas mais 28 casas do grupo Sol Nascente e 30 do grupo Abelha-Mirim, totalizando 84 casas.

A beneficiária Marli Blásios disse que sua família está feliz porque nunca tinha imaginado que um dia iria morar numa casa de material. Marli protagonizou um momento de espiritualidade, unindo fé e vida, em agradecimento pela conquista das casas pelas famílias. As casas são construídas com alto padrão de qualidade. Têm 46 metros quadrados, com dois quartos, sala e cozinha conjugadas, banheiro e área de lavação. O agricultor paga parcelado, sem juro e em quatro anos, apenas 4% do valor liberado para a construção, R$ 28,5 mil. O restante é a fundo perdido. O tamanho da casa é suficiente para uma família pequena viver com conforto. Porém, com a planta da casa acompanha um projeto de ampliação, e a casa é construída com estrutura adequada para isso.

Para o coordenador geral da PRÓ MOVER, Irimar José da Silva, a entrega das casas em Mirim Doce é motivo de muita alegria depois de todos os desafios vencidos. Ele explicou que a Entidade já entregou no Alto Vale 1.133 casas para agricultores e que ainda neste ano deve chegar a duas mil unidades e mais 700 no meio urbano, através do Programa Nacional de Habitação Urbana (PNHU). Destacou a importância da parceria com a prefeituras, o empenho da prefeita de Mirim Doce, Maria Luiza Kestring Liebsch.
 
Falou dos programas de habitação do Governo Federal e do papel da Caixa Econômica Federal (CEF) como agente financeira dos programas que vem mudando a realidade habitacional do País, levando dignidade onde antes nunca chegou nem financiamento da casa própria, muito menos a fundo perdido, como ocorre depois que o presidente Lula criou os programas e a presidenta Dilma deu continuidade e vem aperfeiçoando. O funcionário da CEF de Blumenau, Leo Carlos, presente nas inaugurações, fez a mesma observação.

A prefeita Maria Luiza fez vários agradecimentos e pediu às famílias para fazerem bom uso das casas, cuidando de jardim e horta, e citou a coordenara do trabalho social da PRÓ MOVER, Roselei Petry, que reuniu os novos moradores durante o processo da construção das casas para falar de hábitos de alimentação saudável e de manutenção das casas e outras melhorias. O coordenador técnico-social da Entidade, Tarcísio Koch, explicou a importância da organização e da participação da comunidade na conquista das casas, que é fundamental pata a dignidade das pessoas.

A prefeitura de Mirim Doce está atualizando o Cadastro Único no Cras e vai dar continuidade aos programas de moradia social. “Meu pedido é para que vocês cuidem bem das casas, recebam suas visitas e incentivem para que outras pessoas também consigam sua casa”, finalizou a prefeita de Mirim Doce, Maria Luiza.

 

Ver comentários
Escrever comentários
Febratex
Fecol 104 107 ,9