O TEMPO SITE 10 09 2017 EXATO.jpg

Primeiro leilão de gado geral de Zortéa

06 Novembro 2018 09:31:46

Parceria Prefeitura, agricultores e Sindicato Rural de Capinzal

29 cor.jpg
 
O primeiro Leilão do Gado Geral do Parque de Eventos Municipal de Zortéa ocorreu no dia 04 de novembro, domingo, com início às 14h. A coordenação e realização do evento foi do Sindicato Rural de Capinzal e da Prefeitura de Zorteá. 
Conforme o presidente do Sindicato Rural de Capinzal, Pedro Lélis Panis, o município de Zortéa e sua gente estão de parabéns por dispor de um dos mais belos parques de eventos que conhece. “Estamos hoje lançando a semente, apesar de ser uma época um pouco fora dos arremates, porém, teve gado de ótima qualidade, tendo compradores de vários municípios. Por quê? A região tem tradição de gado de ótima qualidade”, assim enalteceu o evento. Prossegue ele, quanto ao Prefeito de Zortéa, assumiu essa empreitada e estava tudo muito bom, consequentemente, o dia ensolarado ajudou, proporcionando para uma bela feira. 
A feira contou em torno de 170 cabeças de gado, devido ser fora do tempo normal para tanto, procuraram trazer menos cabeças, pois era pretensão inicial cerca de 500 animais. Teve uma grande compra de animais, caso tivesse mais, venderiam tudo. 
Segundo Panis, o Sindicato Rural de Capinzal tem muitos associados e estão estendendo os serviços também para Zortéa, pois em breve, querem inaugurar um laboratório andrológico (tuberculose e brucelose), inclusive, já estão com os equipamentos aguardando só terminar a parte civil, para tanto. A grande função do sindicato é de proporcionar cursos aos produtores e filhos dos mesmos, no sentido de tecnificar o homem do campo, portanto, o sindicato via Senar tem vários projetos, a exemplo de Bovinocultura de Leite, de Pastagem, parte econômica, fluxo de caixa e muito mais. Com isto, em parceria estão conseguindo levar tecnologia para os empresários rurais. 
O prefeito de Zortéa, Alcides Mantovani, vê com muita importância a realização da primeira feira do gado, sendo que a Prefeitura fez um investimento na estrutura de aproximadamente R$ 500 mil, para que os produtores rurais possam se ambientar, façam o seu movimento e tenham a oportunidade, de negociar e realizar o leilão do gado pelo preço mais rentável, diante de uma boa genética e melhor qualidade. Mantovani confirmou o que informou Panis, realizaram uma feira pequena, servindo de treinamento, inclusive, o ato inaugural da estrutura será em junho na grande feira, porém, era para ter sido realizada em 2017, pois não teve condições para tanto. Essa feira é intermediária, até para poder conhecer o manejo da mangueira, saber dos ajustes a serem feitos, para ficar uma coisa prática e boa para os produtores. “Antes de investir para a festa, tem de possibilitar ações e serviços para o bem da produção”, então demonstra alegria Mantovani com o Sindicato e produtores em realizarem a mencionada feira. O evento possibilitou também que as pessoas de fora conhecessem melhor Zortéa, quanto suas potencialidades e de povo hospitaleiro.     
A feira de Zortéa, já se trabalha para daqui uns três, pode ser a maior da região, quando farão o evento com as mangueiras cheias já no próximo ano, sendo 700 animais, pois além da divulgação do Município, terá uma recuperação de capital para os investidores e que tem o gado à disposição dos leilões, até porque esse tipo de comércio tem o momento apropriado (maio e setembro), quando muda-se de pastagem e começa a plantar, ocasião que o agricultor vende seu gado, então será adequada a data e Santa Catarina conhecerá melhor Zortéa com tal realização. 
 
 
 
Aldo Azevedo / jornalista 
             

Imagens



Menu

Contatos