O TEMPO SITE 10 09 2017 EXATO.jpg

Projeto da Polícia Militar Ambiental em Lages vence o Prêmio Boas Práticas em Gestão Pública

13 Agosto 2018 11:31:51

Dos sete projetos selecionados como boas práticas na categoria modalidade qualidade de gestão, três são da Polícia Militar de Santa Catarina, dois da PMA em Lages. Além do Aplicativo Ambiental, que ficou com primeiro colocado, o Geo PMA: Sistema georreferenciado de gestão ambiental também foi considerado uma boa prática.

Projeto da Polícia Militar Ambiental em Lages vence o Prêmio Boas Práticas em Gestão Pública 3 (00000002).jpg

A Polícia Militar Ambiental em Lages venceu a 2ª Edição do Prêmio Boas Práticas em Gestão Pública. O projeto Aplicativo Ambiental Santa Catarina foi eleito o melhor na categoria estadual, modalidade qualidade na gestão. Outro projeto de iniciativa da 1ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, o Geo PMA: Sistema georreferenciado de gestão ambiental, foi considerado uma boa prática de gestão. A premiação ocorreu na quinta-feira (9), em Florianópolis.

O Prêmio Udesc Esag de Boas Práticas em Gestão Pública visa identificar, reconhecer, estimular e premiar práticas inovadoras de gestão, entendidas como um conjunto de ações e procedimentos que consolidam avanços na realização do interesse público, implementado em órgãos públicos e em organizações da sociedade civil no estado de Santa Catarina.

 

Lançado em 2017, o aplicativo Ambiental SC foi desenvolvido numa da parceria entre a PMA e o Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC) para fornecer dados mais seguros sobre a dimensão do problema da invasão do javali em Santa Catarina. O animal exótico é considerado uma das 100 espécies invasoras mais perigosas do mundo. O aplicativo ainda funciona como um canal simples de comunicação entre proprietários rurais, controladores populacionais, comunidade e a Polícia Militar Ambiental.

O comandante da PMA em Lages, major Adair Alexandre Pimentel, explica que havia necessidade de desburocratizar o processo de expedição de permissões para o controle populacional de javalis no estado e compilar os dados disponíveis para delinear ações estratégicas voltadas a minimizar o problema. “A ferramenta nos deu mais agilidade na expedição de permissões para o controle. Além disso, os dados já obtidos estão sendo determinantes na gestão do processo”.

A expansão do aplicativo Ambiental SC para uso nacional está sendo avaliada dentro das ações previstas pelo Plano Nacional de Prevenção, Controle e Monitoramento do Javali, que foi elaborado por diversas entidades públicas e da sociedade civil, sob a coordenação dos Ministérios do Meio Ambiente (MMA) e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

 

Desde novembro de 2010, a Polícia Militar Ambiental é a instituição responsável por normatizar os requisitos e procedimentos necessários para a operacionalização do controle populacional de javalis no Estado.

 

Por: Catarinas || Foto: PMA

 

Imagens




Menu

Contatos