O TEMPO SITE 10 09 2017 EXATO.jpg

Programa Cidade Empreendedora foca no turismo e na Aceleradora de MEIs em Concórdia

17.JPG
Prefeito de Concórdia Rogério Pacheco (4º na foto), equipe do Sebrae/SC e consultores credenciados ao Sebrae/SC

A apresentação do Plano Municipal de Turismo e da Aceleradora de Microempreendedor Individual (MEI) foram os destaques do evento que lançou o ciclo II do Programa Cidade Empreendedora, nessa segunda-feira (27), em Concórdia, no Oeste catarinense. O evento contou com a participação de lideranças políticas, empresariais, institucionais e comunidade.

O secretário de desenvolvimento econômico e turismo de Concórdia, Wagner Simioni, lembrou que na primeira etapa do Cidade Empreendedora, realizada em 2017 e 2018, foram colhidos importantes frutos em Concórdia. “Um deles foi a regulamentação da Lei do comércio livre que permitiu aos empresários abrirem seus comércios sem restrições de horário. Isso possibilitou investimento de novas empresas no Município, além de oportunizar crescimento às empresas já existentes”, destacou. Com relação ao ciclo II, ele relatou otimismo, principalmente no setor de turismo, pois há uma reivindicação de muitos anos e que, a partir de agora, será disponibilizada à sociedade. 

O prefeito Rogério Pacheco enfatizou a satisfação em lançar o ciclo II do programa. “O Sebrae tem sido um parceiro importante e essa nova fase tem uma relação muito forte com a aceleração dos MEIs que receberão orientações e capacitação de forma gratuita para que entendam, efetivamente, a importância que exercem na economia local. Juntamente com isso, lançamos o Plano Municipal de Turismo - uma matriz fundamental que vem sendo reivindicada há 20 anos e, por meio do Cidade Empreendedora, será colocado em prática para atender as necessidades do segmento”.

O gerente regional Oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, realçou que o evento que marcou a assinatura do convênio para a etapa 2018/2019 do Programa oportunizou à sociedade concordiense conhecer detalhes sobre as duas frentes que serão trabalhadas a partir de agora – uma vinculada ao turismo e outra vinculada ao desenvolvimento do MEI.  “O Plano de Turismo será estratégico para promover o desenvolvimento integrado e sustentável do segmento associado à valorização cultural, conservação ambiental”, descreveu.  

As ações do Cidade Empreendedora – ciclo II foram apresentadas pela analista técnica do Sebrae/SC e gestora local do projeto, Carolini Demeterko, e os aspectos que envolvem a Aceleradora de MEIs e as etapas do Plano Municipal de Turismo foram expostos por consultores credenciados ao Sebrae/SC.

Cidade Empreendedora

O ciclo I, que encerrou em dezembro de 2018, representou a porta de acesso ao Cidade Empreendedora. Nessa primeira fase, foram construídos alinhamentos e fundamentos importantes para o ambiente de negócios. Já, o ciclo II é a oportunidade para continuar no avanço da transformação local pela implantação de políticas de desenvolvimento, porém com um nível maior de complexidade. A iniciativa prioriza o planejamento, desenvolvimento e implementação das ações para promover o crescimento econômico com aproveitamento das oportunidades locais.

 

 

 

 

MARCOS A. BEDIN

Registro de jornalista profissional MTE SC-00085-JP

Matrícula SJPSC 0172

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

Imagens



Menu

Contatos