O TEMPO SITE 10 09 2017 EXATO.jpg

Zocoli autor de Projeto Legislativo:

15 Maio 2019 14:13:25

Denomina Dr. Vicente a unidade de Saúde em Capinzal

ZOCOLI 1 COR (00000002).jpg
Vereador e vice-presidente da mesa diretora de Capinzal (SC), Carlos Adriano Zocoli (PSDB).

O vereador e vice-presidente da mesa diretora de Capinzal (SC), Carlos Adriano Zocoli (PSDB), autor do Projeto de Lei Legislativo nº15, de 13 de maio de 2019, que denomina Dr. Vicente de Paulo Zanini Louzada a unidade Estratégia Saúde da Família - ESF, localizada à Rua Benjamin Dorini Jr, do Loteamento João Batista Serena.

Justificativa: Dr. Vicente Louzada chegou a Capinzal em 01/9/1965 e iniciou no mesmo dia à noite, a atender os pacientes que estavam baixados no hospital Nossa Senhora das Dores. Desde tal dia até dezembro de 1972, Dr. Vicente trabalhou como único médico do referido Hospital, atendo durante o dia no horário comercial e depois estando à disposição de todas as emergências médicas, cirúrgicas, obstétricas e de acidentes que aparecessem.

Trabalhou então num regime de plantão de 24h diariamente, sem auxílio de outro médico. Nestes primeiros sete anos, trabalhou sem tirar férias, dedicando-se ao trabalho neste hospital, a toda a população que o procurasse. Nesta referida época, a medicina ainda não tinha os meios diagnósticos que conhecemos hoje e que são tão facilmente acessados por todos.

Dr. Vicente, como era formado em Farmácia, tinha que fazer os exames de laboratório, visto que em Capinzal nesta época não possuía um laboratório de análises clínicas. Também não havia radiologista e ele fazia os RX que fossem necessários para ajudar no seu atendimento aos pacientes. Neste tempo, não tinha na cidade médico anestesiologista e as cirurgias eram realizadas por ele, orientando as freiras na condução da anestesia.

Além de se responsabilizar sozinho pela cirurgia, tinha que cuidar da anestesia do paciente. Na área obstétrica, não havia a tecnologia moderna da Ecografia e todos os nascimentos eram atendidos apenas com o exame físico, sem nenhum auxílio de aparelhagem eletrônica, tão comum hoje em dia. Neste período, além das atividades descritas acima, ele atendia as consultas e aos pacientes que estivessem hospitalizados aos seus cuidados.                          

Chegou a ter hospitalizado pacientes, que por inúmeras vezes lotaram a capacidade máxima de leitos do Hospital Nossa Senhora das Dores. Trabalhava atendendo a pacientes do INPS, FUNRURAL e Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Capinzal e Ouro, além de pacientes que o procuravam como médico particular. Foi só então que em Dezembro de 1972 que chegou para trabalhar neste hospital, outro médico para ajudá-lo na prática diária. Este colega médico era pediatra, e o Dr. Vicente seguiu sendo responsável pelas áreas de Cirurgia, Obstetrícia e Clínica Médica. Seguiu então trabalhando desta forma que já está descrita, dividindo então agora os plantões noturnos com seu colega, mas sendo responsável e Diretor Médico do Hospital Nossa Senhora das Dores.

Trabalhou neste hospital até o mês de maio de 1976, quando passou a trabalhar no Hospital São José, propriedade de seu amigo e colega, Dr. Celso Carlos Ribeiro dos Santos. Todas as atividades descritas para o primeiro hospital passaram a ser desenvolvidas agora neste novo local de trabalho.

Trabalhou até o ano de 1983, quando encerrou suas atividades de médico no Hospital São José. Como foi visto anteriormente, neste período, seguiu nas atividades de Cirurgião, operando todas as patologias de cirurgia abdominal e de urgência, além de ginecologia e obstetrícia e de qualquer acidente que necessitasse de atendimento médico.

Atendeu também durante todos estes anos os pacientes que sofreram acidentes de trabalho, nas empresas de Capinzal e Ouro, no ano de 1981 começou a trabalhar no Posto de Saúde de Ouro, foi o primeiro médico a atender neste local, depois de ter prestado concurso à Secretaria de Saúde do Estado de Santa Catarina. Durante o tempo que atendia no Posto de Saúde de Ouro, seguia atendendo no Hospital São José, conforme dito acima.

Quando chegou o ano de 1983, passou no Concurso do INAMPS para ser médico no Posto do INAMPS em Joaçaba. Foi então que deixou de atender no Hospital São José, o qual não era mais de propriedade do Dr. Celso. Seguiu, porém, fiel a seus pacientes das cidades de Ouro, atendendo no Posto de Saúde e a seus pacientes de Capinzal, onde passou a tender diariamente em seu consultório, aberto em sua própria casa à Rua Narciso Barison, atendeu ai, diariamente até encerrar suas atividades de médico na cidade de Capinzal no final do ano de 1994.

É importante salientar que neste período, sempre esteve pronto a atender todas as pessoas das cidades de Capinzal e Ouro, que batessem à sua porta. Nunca, em nenhum momento sequer, se negou a prestar seus serviços de médico, às pessoas doentes que lhe procuraram para serem atendidas, mesmo sendo fora do horário comercial ou durante os finais de semana.

No ano de 1988 voltou a atender pacientes no Hospital Nossa Senhora das Dores, primeiro local de trabalho em Capinzal, a convite das Irmãs deste estabelecimento.

Trabalhou ainda com pequenas cirurgias ambulatoriais e consultas médicas, trabalhou até sua saída de Capinzal no ano de 1994, foi então no ano de 1994, que teve tempo para se aposentar no Posto de Saúde de Ouro, pelo Estado de Santa Catarina. Encerrou então neste ano, uma atividade que foi mantida por 30 anos, para as cidades de Capinzal e Ouro. Transferiu então seu trabalho no INAMPS para a cidade de Porto Alegre – RS, onde trabalhou até o ano de 2007. Foi então que por motivos de saúde, e apenas por motivos de saúde, que encerrou completamente suas atividades de médico, aos 75 anos de idade.

"Tendo em vista os relevantes serviços prestados a nosso Município, o presente projeto visa conceder o nome do saudoso Dr. Vicente de Paula Zanini Louzada a um imóvel destinado aos cuidados para com a saúde da população capinzalense, rememorando a passagem brilhante que teve por Capinzal”.

Imagens




Menu

Contatos