INTRAFEGÁVEL

Precariedade de ruas e estradas volta a ser debatida e vereador sugere decreto de Emergência

26 Novembro 2015 18:18:35

Para Gil Baiano chuvas prejudicaram ainda mais os acessos às localidades do interior e diz que medida auxiliaria o município na captação de recursos para recuperá-los; Vereadores ainda solicitaram reparos em ruas e melhorias na iluminação pública

Rodrigo Melo
vereadores.jpg
Foto: Rodrigo Melo
Condições de ruas e estradas voltaram a ser comentadas pelos vereadores esta semana.

Assim como em outras reuniões da Câmara, este ano, as condições em que se encontram ruas da cidade e estradas do interior pautaram o debate entre os vereadores nas sessões ordinárias desta semana.

Vereador Gilmar Martins, o Gil Baiano (PSDB) falou que as chuvas que caíram sobre a região, nos últimos dois meses, prejudicaram ainda mais os acessos às localidades interioranas. Segundo ele, é comum encontrar caminhões e automóveis encalhados em diversas estradas rurais. Até os ônibus do transporte escolar têm buscado rotas alternativas ou deixado de fazer linhas por não terem passagem em algumas vias.

Diante da situação, o ex-presidente da Câmara apresentou requerimento no qual sugere que o município decrete Estado de Emergência devido aos estragos causados pelas chuvas. Para ele, o decreto seria uma forma da prefeitura buscar recursos junto às outras esferas de governo, a fim de recuperar as estradas antes da safra, período em que os agricultores necessitam de vias transitáveis para poderem escoar suas produções.

Demais vereadores também assinaram o documento que, agora, será encaminhado ao prefeito Beto Faria (PMDB).

Recuperação

Presidenta da Câmara, vereadora Cris Arrabar (PT), apresentou e defendeu três indicações de sua autoria e que são direcionadas à secretaria municipal de Obras. Numa delas está solicitando a recuperação da estrada geral da localidade do Matão, especialmente, nas proximidades da propriedade da família Kwitchal que está em péssimo estado de conservação.

Está pedindo, ainda, reparos na Rua João Sabatke, no bairro Alto das Palmeiras, especificamente nas proximidades da residência de nᵒ498 e o fechamento dos buracos que se formaram na entrada da Rua João Mayer, a partir da BR-280, no bairro Água Verde.

Limpeza

Wilmar Sudoski (PSD) também está encaminhando indicação à secretaria municipal de Obras, na qual está pleiteando a limpeza da valeta que fica em frente à residência de nᵒ738 da Rua Otávio Ferreira da Silva, no bairro Campo D’Água Verde.

Já à secretaria municipal de Meio Ambiente está solicitando o recolhimento de entulhos, mato e galhos de árvores que se encontram depositados na esquina das Ruas Frei Menandro Kamps e João Sabatke, no bairro Alto das Palmeiras.

Às escuras

Vereadores também se manifestaram sobre alguns pontos da cidade que estão às escuras. Também estão cobrando providências da municipalidade por meio de indicações direcionadas ao prefeito Beto Faria (PMDB) e à secretaria municipal de Planejamento.

Paulo Glinski (PSD) disse que apesar dos postes existentes na Rua Pastor George Weger, trecho entre as Ruas Caetano Costa e Felipe Schimidt, no centro, a qualidade da iluminação na quadra deixa muito a desejar.

Por se tratar de um local com intenso fluxo de pessoas, principalmente, quando da realização de cultos noturnos na igreja Luterana, é que o vereador está pedindo a substituição das lâmpadas atuais por outras com maior índice de luminosidade.

Wilmar Sudoski (PSD) está pleiteando a colocação de uma luminária no poste em frente à residência de nᵒ738, na Rua Otávio Ferreira da Silva, no bairro Campo D’Água Verde e outra no poste situado nas proximidades da residência de nᵒ576, na Rua João Sabatke, no bairro Alto das Palmeiras. 



lllll.jpg

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina