Em Rede

POLÍTICA EM REDE - O Calcanhar de Aquiles do PP

04 Julho 2016 14:24:17

Coluna Publicada pelos Jornais Ótimo e Diário do Planalto

Paulo R Ferreira
pg 05 - matéria principal.JPG
Foto: Paulo R Ferreira
Avenida Rigesa - Abril 2016

O Calcanhar de Aquiles do PP em Três Barras

Segundo a lenda grega, Aquiles, filho do rei Peleu e da deusa Tétis, tornou-se invulnerável quando, ao nascer, foi banhado pela mãe nas águas do rio Estige. Apenas o calcanhar por onde Tétis o segurou não foi molhado e continuou vulnerável. Assim, a expressão tornou-se popular nos dias de hoje para designar o ponto fraco de alguém. E o Calcanhar de Aquiles do PP em Três Barras, realmente, é a Avenida Rigesa. E já não importa quantas justificativas se apresentem, simplesmente a população rejeita as condições da via. E olha que só no último ano já foram mais de 4 operações tapa-buracos. Uma delas retirando parte da estrutura para reconstruí-la. Não adianta. Com o enorme tráfego de caminhões a durabilidade se torna algo resumido a semanas. E quando a principal rua de uma cidade fica nas condições em que está (afinal, deduz-se  que todos passem em algum momento por ali) o veneno da impopularidade corre solto nas veias de Elói Quege, prefeito do PP. Não tem matéria paga em jornal que dê conta. Nesse momento as pessoas esquecem das novas creches, postos de saúde, das novas ruas pavimentadas, da realização dos melhores e mais estruturados festivais de dança, dos avanços em educação. O chavão repetido na cidade por muitos é o mesmo: “tem que mudar porque nem na Avenida Rigesa da pra andar”. É o preço da política. As vezes fazer todo o progresso que a cidade viveu, as indústrias que vieram, a melhoria efetiva na qualidade de vida das pessoas, o enriquecimento dos mais pobres e o embelezamento dos buritis, não são suficientes para garantir a felicidade da nação. Com a recuperação já orçada e anunciada, a Avenida Rigesa deve passar pela sua enésima reforma ainda antes da eleição. Tempo, no entanto, para o discurso negativo sumir da boca das pessoas é o que parece estar escasso.

Por Falar em Três Barras

Tomara que a recuperação emergencial da Avenida Rigesa cause bom impacto na cidade e possa alavancar o, até aqui, ponto mais fraco da pré-candidatura de Emílio Gazaniga (PP) e Joel da Cruz (DEM).

O Pré Candidato

Atribui boa parte da problemática de Três Barras a falta de Planejamento. Como Gazaniga é engenheiro e bom com números promete mudar essa situação se assumir a prefeitura.

Não tá sobrando nada

Simoguiri (PR) até conseguiu uma importante vitória na justiça, mas ainda falta muito para oficializar uma campanha. Principal problema é de juntar os partidos aliados. O PP já levou quase todo mundo.

Tem o Barriga

Mas se ainda assim não conseguir compor, tem como alternativa ir com chapa pura e ter o Laudecir na Vice.

Nem o Gilson

O jovem político tem dito que não abre mão da majoritária, logo, dá a entender que não apoia Shimoguiri para prefeito, mesmo que há pouco tempo tenha conseguido do outro Japonês uma declaração de que, só o apoiaria, caso perdesse as batalhas judiciais.

Fique Ligado

Julho e Agosto são meses de convenções dos Partidos. É o momento em que eles oficializam as candidaturas através de votações internas ou aclamações.

Tempo Esgotando...

O PMDB ainda não desistiu de Pike. Tem gente falando que o partido ainda nem apresentou o seu dote ao candidato.

 

Tempo Esgotado

Quem estava na vida pública e em veículos eletrônicos de comunicação e deseja ser candidato no pleito deste ano, teve de deixar seu cargo. Na Band FM foram dois desfalques: Beto Passos e Roberto das Neves.

Paulo Basílio

Também se afastou de suas funções na ouvidora municipal de Canoinhas. Ele é a principal aposta do PMDB para a renovação da base na região.

Tem tentado

Os vereadores de Canoinhas estão no dia-dia tentando fazer “média” com discursos mais ácidos e críticos em relação a gestão pública. Acidez e criticidades não observada em três anos de governo. Por que será? Reeleição a vista?

Dúvida:

Se Pike for mesmo passear no bosque com o PMDB o que Passos faria aos 46 do segundo tempo? Só pra lembrar que a Bicicleta o Genérico já comprou.

Pra encerrar um poema:

A eleição vem chegando,

Voto Pedro, voto Paulo ou voto João?

Bem no fim, pouca coisa importa

Sou cardíaco e tenho apreço pelo Coração.

Até semana que vem.



lllll.jpg

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina