SC SAÚDE

170 mil segurados estão no SC Saúde

24 Novembro 2015 21:17:35

Plano desponta pela competitividade no mercado e já é referência no setor público

Tayana Cardoso de Oliveira
SC saúde.jpg
Foto: Divulgação
Sem fins lucrativos, o SC Saúde é um plano opcional que tem saúde financeira.

Ao completar 15 anos de assistência à saúde do servidor, a Secretaria de Estado da Administração de Santa Catarina desponta como referência nacional na condução de um plano ágil e diversificado, com uma ampla rede de prestadores de serviço e equilíbrio financeiro. O SC Saúde - Santa Catarina Saúde - é hoje responsável por mais de 170 mil catarinenses e tem 100% de gestão própria.

 

“Sem dúvida, o SC Saúde traz um diferencial para a qualidade de vida do nosso servidor. Atua não apenas dando condições dignas de combater doenças, mas também em vários programas preventivos que fortalecem a saúde daqueles que cuidam do cidadão catarinense”, destaca o Secretário de Administração do Estado. Junto com a Diretoria de Saúde do Servidor, que gerencia o SC Saúde, o secretário avalia planos de expansão da área dentro do universo de segurados, composto por servidores ativos e inativos do Poder Executivo, de suas autarquias e fundações, dos Poderes Judiciário e Legislativo, do Ministério Público, do Tribunal de Contas do Estado e da Procuradoria Geral junto ao Tribunal de Contas.

Até alcançar o modelo atual, o plano de saúde do servidor catarinense passou por algumas etapas. A primeira ocorreu no ano 2.000, quando foi criado o Unisanta, com objetivo de cumprir a legislação federal que exigia separação entre a previdência e o plano de saúde. Seis anos depois foi implantado o Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado de Santa Catarina - Santa Catarina Saúde.

Neste período, a adoção de limites para cobrança de coparticipação e a utilização ilimitada da maioria dos procedimentos foram alguns dos novos benefícios dos segurados. O atendimento também conquistou nova dinâmica com a associação de uma forte empresa de serviços médicos, que emprestava sua experiência e qualidade ao plano do servidor. E foi apenas em 2.012 que a Secretaria iniciou a gestão própria do SC Saúde.

Desafios

“O início da gestão própria do plano foi desafiador”, lembra Paulo Roberto Coelho Pinto, diretor de Saúde do Servidor da Secretaria. “Nossa maior dificuldade foi montar uma boa rede de prestadores de serviço. Tivemos que quebrar a imagem burocrática que o mercado trazia do Poder Público para atrair profissionais, entidades médicas, laboratórios, clínicas e hospitais. No primeiro ano, foram feitas 20 mil visitas para associar cinco mil prestadores de serviço”, relata o diretor.

Para estabelecer sua rede de atendimento, o SC Saúde entrou no mercado de forma competitiva, bancando valores e assegurando agilidade nos pagamentos. Enfrentou um período de adaptação ao novo modelo e, em menos de um ano, as dificuldades iniciais foram superadas. “Hoje a qualidade e credibilidade do SC Saúde são reconhecidas por usuários e prestadores. Destaca-se entre os melhores planos disponíveis em Santa Catarina”, ressalta Paulo Roberto Coelho Pinto, tendo como base as pesquisas de satisfação. O plano já é referência para outros Estados brasileiros, que têm encaminhado seus administradores a Santa Catarina para analisar o modelo gerencial.

Diferenciais

O SC Saúde disponibiliza hoje aos seus segurados uma rede de 7.992 prestadores de serviço, sendo 1.073 clínicas com corpo clínico de 4.553 profissionais (3.947 médicos e mais 606 profissionais de saúde), além de outros 1.247 médicos em consultório, mais 367 profissionais de saúde (fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, psicólogos, nutricionistas), 149 hospitais, 125 serviços de diagnóstico de imagem e 390 serviços de diagnóstico laboratorial. 

Existem em Santa Catarina doze Centros de Atenção ao Segurado – CAS - que garantem atendimento presencial e descentralização dos serviços. Além do atendimento ao público, cada CAS tem um profissional que cuida exclusivamente do relacionamento com os prestadores de serviço da sua região.

O plano, que é opcional, também se destaca no mercado por permitir a adesão dos filhos maiores de idade como agregados, por estabelecer contribuição mensal de acordo com a faixa salarial do servidor, e ainda restringir o desconto da coparticipação de alguns procedimentos em 30% do respectivo valor. E o desconto mensal do segurado com a coparticipação não pode ultrapassar 20% do seu salário.

Outro diferencial do plano é o esforço em evitar processos judiciais, que tanto atrapalham os serviços quanto desgastam os segurados, que normalmente ocorrem em seus períodos de doenças, quando estão fragilizados. Dentro de sua estrutura gerencial, o SC Saúde busca administrar os conflitos de forma humanizada.

Prevenção

O programa de Medicina Preventiva do SC Saúde traz ações de promoção à saúde, diagnóstico, controle e monitoramento de doenças crônicas, hoje utilizadas por 15,2 mil segurados. São realizados telemonitoramento, visitas domiciliares e grupos educativos. Entre os grupos formados, existem o de Controle do Tabagismo, de Educação Nutricional, de Corrida e Caminhada, de Aposentadoria, Grupo terapêutico Vida e Ciclo de Palestras.

Saúde financeira

Sem fins lucrativos, o SC Saúde é um plano opcional que tem saúde financeira. O fundo criado para gerir as despesas e receitas do plano é formado com a contribuição mensal do segurado, que corresponde ao percentual fixo de 4,5% sobre a base de cálculo previdenciária, e de 4,5% do patronal do Estado.



lllll.jpg

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina