Dirceu Dresch defende ocupação do Incra pelo MST, em São José

19 Abril 2017 18:43:00

Deputado criticou o desmonte de políticas públicas da reforma agrária

O deputado estadual, Dirceu Dresch (PT), líder da bancada do partido na Alesc, manifestou apoio, na manhã desta quarta-feira (19), à ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) na sede do Incra em São José. Dresch é contrário ao desmonte das políticas voltadas para a reforma agrária e a agricultura familiar a partir da extinção do Ministério do Desenvolvimento Agrário. O deputado também criticou a MP 759/2016 que dá carta branca ao governo vender terras públicas, inclusive àquelas onde já existem acampamentos ou assentados e da Amazônia Legal. 

O diretor estadual do MST, Vilson Santin, afirma que a ocupação do Incra faz parte da jornada nacional de lutas em defesa da reforma agrária, dos direitos humanos e justiça social e da classe trabalhadora contra a reforma previdenciária e trabalhista. "Também protestamos contra a MP 759 que permite aos estrangeiros comprarem a quantidade de terras que desejarem, desmonta com o Incra e a reforma agrária, permite aos grileiros regularizarem as terras públicas e perdoa as dívidas dos grandes devedores fazendeiros e latifundiários, em detrimento das famílias acampadas há seis, sete, oito anos, que sofrem todo o tipo de pressão e violência", explica.

De acordo com Santin, esta MP desobriga o governo do compromisso público, social e distributivo de terras. "Pedimos para que retirem esta MP e atendam a antiga pauta do MST para a obtenção das terras e o desenvolvimento das comunidades com estrutura básica, assistência técnica e educação." Segundo ele, SC possui mais de 1.500 pessoas assentadas em 12 acampamentos, totalizando sete mil famílias produzindo alimentos e gerando emprego e renda no Estado.



SOSDesaparecidos.fw.png

 

 

logo Adjori - para o fundo escuro - transparente - MINI.fw.png

ASSOCIAÇÃO DOS JORNAIS DO INTERIOR DE SANTA CATARINA
Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 | (48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br