Tudo pronto para a volta às aulas

Ano letivo nas redes estadual e municipal inicia no dia 7 de fevereiro

Escola Lira Camilla Petry agora funcionará junto ao CIEC

Na rede municipal de ensino de Seara está tudo organizado para o recomeço das atividades letivas. A secretária municipal da Educação, Fabiana Mariani, informou que todos os encaminhamentos necessários estão em dia.

Já estão ocorrendo as dedetizações nas dez unidades escolares do município, contando com os quatro CEIs. As diretoras retornaram às escolas na última segunda-feira para encaminhamentos de limpeza, higienização, limpeza de climatizadores, trabalhos de jardinagem e organização das estruturas físicas para retorno dos estudantes. "O material de higiene e limpeza encaminhamos às escolas ainda no final do ano passado".

As aulas estão confirmadas para acontecerem 100% presencial. Os materiais escolares chegaram nesta semana. Agora, a Secretaria fará a montagem dos kits para posterior envio às escolas e distribuição aos alunos no dia 7, primeiro dia de aula. Com relação à contratação de educadores, "a primeira e maior chamada dos professores ACTs fizemos inda no final de dezembro. Os ACTs e efetivos retornam das férias no dia 3. No dia 28, tivemos uma chamada das desistências".

Para atender a demanda da rede municipal são cerca de 180 professores, além de 40 auxiliares de creche, 28 serventes, seis motoristas de transporte escolar e 20 estagiários, sem contar a equipe gestora. Com relação ao transporte escolar, a secretária informou que permanecem as mesmas linhas e trajetos. "Três trajetos que venceram o contrato estamos licitando, mas até dia 7 estará acertado. Se for necessário serão feitos ajustes na primeira semana de atividades, o que é normal. No perímetro urbano, o transporte continuará sendo feito com ônibus da prefeitura".

As medidas protetivas com protocolos de segurança da pandemia estão mantidas. "Estamos atualizando nosso PlanCon municipal. Tudo o que estávamos fazendo antes, vamos manter, como a obrigatoriedade do uso de máscara, álcool em gel, desinfecção de ambientes, aferição de temperatura e distanciamento, entre outras medidas".

Na programação de retorno, a secretária relatou que no dia 3 de fevereiro, pela manhã, terá abertura do ano letivo para os professores, com palestra do professor-doutor em Educação e escritor Israel Boniek. À tarde haverá a capacitação com os transportadores através do Sesc/Senat, trabalhando o tema 'Antecipação de perigo'.

Haverá ainda mudanças no currículo escolar. "Em função do acompanhamento da aprendizagem que fizemos no ano passado com o estudo online e depois o híbrido, percebemos a dificuldade na leitura, escrita e interpretação dos estudantes. Por isso, desenvolvemos uma política de alfabetização. Incorporamos o componente xadrez na aula de educação física e implantamos na educação infantil múltiplas linguagens. No ensino fundamental 1 substituímos por leitura, interpretação e produção de texto".

Fabiana Mariani afirma que "a expectativa é das melhores para o novo ano". Em termos de investimento e novidades, Fabiana Mariani citou "a mudança da Escola Lira Camilla Petry para o Centro de Integração Escola e Comunidade (CIEC). Além disso, o CEI Dona Ilse recebeu móveis novos e as duas creches receberam novos colchões. O CEI Cinderela terá uma nova biblioteca. A central da merenda também mudará para um espaço maior e melhor. "Na Deolindo Zilio estamos concluindo os pavilhões e as crianças agora voltam a receber a merenda da escola".

Retorno

Na rede estadual de ensino, entre os oito municípios da Coordenadoria Regional da Educação (CRE) - com Seara, Itá, Arvoredo, Paial, Xavantina, Ipumirim, Arabutã e Lindóia do Sul - são aproximadamente 3.700 estudantes nas 19 unidades escolares, incluindo o CEJA. Conforme a coordenadora regional Fabiana dos Santos, o retorno dos gestores das instituições aconteceu no dia 24. Já os professores voltam às escolas no próximo dia 3 e os alunos no dia 7 de fevereiro. "As aulas serão 100% presenciais, seguindo o PlanCon das escolas". A principal novidade deste ano é a efetivação do Novo Ensino Médio e a terceirização das serventes. Com relação às estruturas, "várias manutenções estão acontecendo, incluindo pinturas dos educandários. Materiais escolares e mobílias também estão chegando". Uma pendência segue sendo a licitação da reforma da quadra poliesportiva da EEB Seara.






891072570.jpg

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Jornal FolhaSete