Uma história de superação

Um relato de força, fé e coragem escrito por uma das mais experientes jornalistas do Estado, Viviane Bevilacqua, sobre a psicóloga Adriana Brascher.

Adriana Brascher e Viviane Bevilacqua, parceria perfeita

Escrever sobre qualquer assunto não é nada simples, mas contar a vida de alguém é ainda mais desafiador.
É missão que exige sensibilidade, envolvimento total para se colocar no lugar do personagem e sentir o máximo possível do que esta pessoa viveu, vive, sente e enfrenta para traduzir em palavras a mensagem que reúne todas as singularidades que se pretende compartilhar.
O livro "Dia Após Dia", da cronista e escritora Viviane Bevilacqua e da psicóloga Adriana Brascher, esta última a protagonista desta história, tem tudo isso e um pouco além. A obra, lançada em abril deste ano, retrata sensível e delicadamente a força, a fé e a bravura de uma jovem mulher que, aos 32 anos, teve sua vida transformada por um acidente na BR-282, entre Florianópolis e Lages, em março de 2013.
Adriana despertou do coma após 23 dias numa UTI, sem conseguir mexer os braços, pernas e pescoço, ligada a vários aparelhos. E fez do 'simples' abrir de olhos para a vida, o primeiro degrau da escalada de sua superação. Foi a conquista de uma segunda chance, contrariando todos os pessimistas prognósticos médicos.
Viviane e Adriana se aproximaram através de uma amiga em comum e pelo desejo de contar esta bela história. Quando se encontraram para uma primeira conversa, em 2018, o enlace perfeito se fez para que o "Dia Após Dia" nascesse. O livro é uma revisita a cada memória vivenciada por Adriana. A sinopse já relata o drama enfrentado pela personagem - "da UTI foi para o quarto, do hospital para casa, da cama para a cadeira de rodas, do uso do respirador mecânico e sonda de alimentação para conversas descontraídas ao redor da mesa, em churrascos com a família".
Viviane Bevilacqua disse ao Folhasete que "Adriana tem uma baita história e também é uma baita pessoa. Ela é incrível. Não consegue tirar o cabelo que cai no olho sozinha, mas está sempre sorrindo, sempre positiva. No dia que a conheci, saí da casa dela transformada pela força imensa, absurda que ela emana".
O livro está à venda pelo site bit.ly/LivroDiaAposDia. Viviane é gaúcha, repórter de uma vida inteira, há 35 anos nesta trajetória. Atuou em jornais do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, com destaque para o Diário Catarinense, onde foi repórter especial e conquistou mais de 20 prêmios. Atualmente, dedica-se a escrever livros biográficos e de crônicas. Viviane usa a sua sensibilidade para compartir boas histórias.
 



891072570.jpg

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Jornal FolhaSete