Atleta piçarrense conquista título nacional de Karatê

Ana Clara Becker Alves (13 anos) é campeã na categoria sub-14 (faixa roxa e preta); “Meu sonho dentro do karatê e participar de um campeonato mundial e ser professora”, definiu a jovem

FELIPE FRANCO, JORNALISTA
267443050_2381775135290280_2870371201673652317_n.jpg
“Esse título é muito especial, pois sou nova na categoria."

A carateca piçarrense, Ana Clara Becker Alves (13 anos), conquistou o Campeonato Brasileiro de Karatê Interclubes 2021, disputado de 8 a 12 de dezembro na cidade de Caucaia (Ceará). O lugar mais alto do pódio e o status de campeã brasileira veio na categoria sub-14 (faixa roxa e preta), após três intensas vitórias – especialmente a final.

“Esse título é muito especial, pois sou nova na categoria. Meu último título foi em 2019. Esse título foi muito bom para enxergar que meus treinos estão valendo a pena, todo o trabalho duro do meu sensei. Meu sonho dentro do karatê e participar de um campeonato mundial e ser professora”, definiu a jovem atleta das escolinhas da Secretaria de Esporte e Lazer (Semel).

Segundo o treinador e sensei, Marlon Carvalho, Ana venceu Bruna Robert (Pará) por 2 a 0 e avançou à semifinal. Contra Maria Guerra (Pernambuco) vitória por 6 a 0. Na final, vitória por 4 a 3 contra a conterrânea catarinense, Emilly Pereira. “Foi uma luta muito difícil, Ana Clara estava perdendo de 3 a 1”, recorda-se.

“Ela utilizou uma técnica com sequências de movimentos que nós treinamos muito. Nessa sequência, Ana Clara conseguiu entrar um lindo chute mawashi geri na cabeça da adversária nos dois últimos segundos de luta, assim virando à luta para 4x3. Foi emocionante e gratificante tanto esforço com os treinos diários. Estou muito feliz com este resultado. Agora é treinar com muito mais dedicação para que esse título seja mais frequente em sua carreira como atleta”, enriqueceu Marlon.

Todo esforço, também foi reconhecido por Ana Clara. “Também queria agradecer o esforço da minha família que está sempre me ajudando, e o sensei, por estar sempre do meu lado”, encerrou a carateca. Ana Clara começou a treinar com 7 anos. Em 2019, foi duas vezes campeã brasileira de karatê nas categorias Sub-12 (divisão de novos) e Sub-12 (divisão escolar).

“Esse ano foi o primeiro ano da Ana Clara nesta categoria e mostrou que seu talento no Kumite (luta) pode levar ela muito mais longe. Agora é treinar mais para que possamos subir mais vezes no pódio em primeiro lugar. O sonho da Ana Clara é chegar nas olimpíadas. Wla é uma menina muito dedicada ao esporte que tanto ama”, encerrou Marlon.

Para o secretário da Semel, Ubiratan de Andrade Junior, a conquista de Ana Clara denota que os talentos locais careciam de incentivo e aporte para alcançarem seus objetivos. “O esporte na base molda o caráter e tem o poder de mudar o futuro de qualquer criança. Com essa mentalidade, mudamos o conceito das escolinhas e os resultados são esses: crianças cada vez mais motivadas a trilharem o caminho do sucesso”.

Imagens








14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio