Penha inicia obras de pavimentação com empréstimo de R$ 50 milhões

O processo de pavimentação de ruas como a Lourival de Souza, Nereu de Assis, Felipe João Anacleto e Estrada Geral de Santa Lídia, por exemplo, já iniciaram; Governo garante avanço pela votação popular

FELIPE FRANCO, JORNALISTA
Nereu de Assis1.jpg
“As obras vão acontecer de acordo com aquela votação, rua por rua"

A Prefeitura de Penha deu início às obras de pavimentação com recursos do financiamento do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), na ordem de R$ 50 milhões. O Governo Municipal assegurou que irá respeitar a classificação das ruas escolhidas na votação popular realizada para chancelar a autorização do pedido junto à Caixa Econômica Federal.

“As obras vão acontecer de acordo com aquela votação, rua por rua. A rua mais votada será pavimentada primeiro. Mas, há situações em que a rua ainda não possui drenagem pluvial. Por isso, nesses casos, vamos avançar primeiro nessa situação para depois iniciar a pavimentação. A drenagem de uma rua não impede a pavimentação de outra”, definiu o controlador interno, Eduardo Bueno, que também integra o Grupo de Trabalho do Finisa.

O processo de pavimentação de ruas como a Lourival de Souza, Nereu de Assis, Felipe João Anacleto e Estrada Geral de Santa Lídia, por exemplo, já iniciaram. A segunda rua votada, por sua vez, a João de Freitas, não possui drenagem pluvial. “Agora estamos o fazendo o projeto de drenagem para então iniciar a pavimentação”, explicou Bueno. Para esse ano, cerca de R$ 17,5 milhões devem ser aplicados. R$ 6.250.000,00 já foram depositados pela Caixa.

“Essa luta começou há quase 5 anos, quando a Prefeitura tinha todas as contas no vermelho. Em 2020 buscamos o empréstimo que não foi aprovado pela Câmara de Vereadores. Mas, agora em 2021, todos entenderam a importância desse projeto para a nossa população e aprovaram por unanimidade”, disse o prefeito, Aquiles da Costa (MDB).

O repasse do empréstimo de R$ 50 milhões será dividido em 8 parcelas de pagamentos – que será pago pela municipalidade em 96 parcela (com carência de 24 meses, com juros de 4,29% ao ano, mais CDI anual).

A escolha das ruas que receberão as obras foi democrática, através de votação online, onde a população de Penha elegeu as prioridades para receberem as melhorias de infraestrutura. A votação foi realizada através da plataforma Participa Penha. Ao todo, 214 ruas receberam votos e constam no projeto de lei que foi enviado à Câmara de Vereadores para aprovação no pedido de empréstimo. Ao final de 5.484 opiniões, a Rua Lourival de Souza foi a mais votada.

 

Imagens








14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio