Praia do Cerro é inclusa na fase piloto do Programa Bandeira Azul

“Na Fase Piloto, o município possui até dois anos para cumprir com todos os critérios estabelecidos em recomendações a serem elaboradas pelo Instituto Ambientes em Rede”, detalha Pierre

sitePraia do  Cerro (2).jpg
Foto: FELIPE FRANCO, JORNALISTA
Em março, a Prefeitura de Barra Velha deu início aos estudos técnicos para a implantação do Programa Bandeira Azul.

A Praia do Cerro, em Itajuba, Barra Velha, foi inclusa na fase piloto do Programa Bandeira Azul. A confirmação veio da Coordenação Nacional do Programa, dia 10, decisão que dá prazo de dois anos para o Governo Municipal cumprir todos os critérios exigidos para uma futura certificação internacional de sustentabilidade ambiental do balneário.

“Na Fase Piloto, o município possui até dois anos para cumprir com todos os critérios estabelecidos em recomendações a serem elaboradas pelo Instituto Ambientes em Rede, responsável pelo Programa Bandeira Azul no Brasil”, postou nas redes sociais o presidente da Fundação de Turismo, Pierre Costa.

Em março, a Prefeitura de Barra Velha deu início aos estudos técnicos para a implantação do Programa Bandeira Azul. Nesta fase, além da confirmação da qualidade da água e criação de infraestruturas mínimas, ocorre também o processo de envolvimento social através da criação do Comitê Gestor e ações de conscientização quanto a importância do programa.

“É uma certificação internacional que colocará Barra Velha num patamar diferenciado das demais cidades. Nosso município ganhará com a visibilidade a nível internacional, atraindo novos visitantes e, na conscientização ambiental aos usuários de praia”, frisou o prefeito, Douglas Elias da Costa (PL).

Segundo o Governo, a Praia do Cerro foi justamente “escolhida por possuir ecossistema adequado aos objetivos do programa e histórico de gestão ambiental favorável”. Recentes verificações já atestaram a balneabilidade da praia, motivo que chancelou a inclusão da cidade na Fase Piloto.

O presidente da Fundação de Turismo, Pierre Costa, explica que a ideia é de criar uma experiência sustentável em toda a cidade, ampliando o turismo local. “Buscaremos a certificação para a Praia do Cerro, mas queremos que toda a cidade fortaleça a experiência Bandeira Azul, criando um ambiente favorável ao turista e ao investidor, resultando diretamente em emprego e renda para nossa população”.

O Programa Bandeira Azul é uma certificação ecológica, concedida voluntariamente a praias em todo o mundo – apenas 18 praias no Brasil possuem a certificação atualmente – que cumprem rígidos requisitos de balneabilidade, gestão ambiental e segurança. O Programa tem como objetivo elevar o grau de conscientização dos cidadãos para a necessidade de se proteger o ambiente marinho e costeiro e incentivar a realização de ações educativas. 






14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio