É fake news notícia sobre prisão de mulheres traficando drogas dentro de pastéis, em Penha

Em contato com a reportagem do Jornal do Comércio, o capitão da Polícia Militar de Penha categorizou que não houve qualquer prisão neste sentido

FELIPE FRANCO, JORNALISTA
Pastel.JPG
PMSC desmentiu qualquer prisão nesse sentido

A Polícia Militar de Penha afirmou nesta quinta-feira, 20, que é falsa a informação sobre a prisão de duas mulheres traficando drogas dentro de pastéis fritos na cidade. “Esse fato não ocorreu. Não sei de onde saiu essa informação”, confirmou o capitão do Batalhão de Penha, João Gabriel de Moura Iglesias.

Em contato com a reportagem do Jornal do Comércio, o capitão Iglesias categorizou que não houve qualquer prisão neste sentido e que a informação, veiculada pela mídia regional, não passou de fake news.

Fontes da reportagem que atuam dentro da Polícia Civil de Balneário Piçarras e Penha também confirmaram a insistência de qualquer boletim de ocorrência ou flagrante – ações de praxe em qualquer prisão – que remetam a prisão das mulheres. A foto das mulheres, que ilustram alguma das publicações, é na realidade de uma prisão no ano de 2019, em Sapé, na Paraíba.

 

 








14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio