Centro de Triagem Covid-19 de Balneário Piçarras tem alta procura de pacientes

De 1º de dezembro a 4 de janeiro de 2022, um total de 3.651 atendimentos foram realizados, contra 1.284 entre os trinta dias de novembro; se comparado com o ano passado, aumento reflete 3%

girl-treats-her-hands-with-antisuptics-high-quality-photo.jpg
No mês passado, 1.284 pacientes foram até a unidade com sintomas da doença.

O Centro de Triagem Covid-19 de Balneário Piçarras vem registrando um exponencial aumento de pacientes com sintomas do coronavírus e influenza. Num comparativo com o mesmo período do ano passado – momento em que todo estado estava em situação gravíssima – o crescimento de atendimentos representa 3%. Se comparado com o mês passado, o percentual se eleva para 184%. O Governo Municipal reforça pedido pelo cumprimento das medidas de proteção.

Dados remetidos pela Secretaria de Saúde de Balneário Piçarras mostram que entre 1º de dezembro de 2020 a 4 de janeiro de 2021, um total de 3.544 pacientes procuraram o Centro de Triagem de Covid-19. Já de 1º de dezembro de 2021 a 4 de janeiro de 2022, o relatório mostrou 3.651 atendimentos. Os números sobem ainda comparado com 1º a 30 de novembro de 2022 – período de maior estabilidade mundial da doença. No mês passado, 1.284 pacientes foram até a unidade com sintomas da doença.

O Boletim Epidemiológico de 6 de janeiro mostra que 39 pessoas estão em tratamento e 89 aguardam pelo resultado do exame. Em 6 de dezembro de 2021, 15 pessoas estavam em tratamento e 12 aguardavam o resultado dos exames. “Temos muitos casos sendo confirmados para Covid, o que aumenta a nossa curva para a doença, entre outros casos respiratórios. Pedimos a população que durmam e se alimentem bem para que possamos combater a cadeia de transmissão, que está bem ativa", destaca Milena Castro, enfermeira técnica responsável pelo Centro de Triagem Covid-19.

A Secretaria Municipal de Saúde alerta a população para manter as medidas preventivas contra a síndrome gripal e a Covid-19. A vacinação é imprescindível para evitar casos mais graves de ambas as doenças. A campanha de vacinação contra a Influenza deve ter início em abril, conforme calendário do Ministério da Saúde. Entre as medidas preventivas, cita-se ainda a higienização adequada das mãos com água e sabão ou com álcool em gel; evitar tocar os olhos, nariz e boca; não compartilhar objetos pessoais; manter os ambientes ventilados; utilizar máscara e cumprir o distanciamento social.

O número de pessoas que procuraram por atendimento na Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA) também registrou aumento de 40% nos atendimentos em um comparativo entre 1º de dezembro de 2020 a 4 de janeiro e 2021 e o mesmo intervalo de tempo entre 2021 e 2022. A demanda cresceu de 3.713 para 5.199 atendimentos.

Imagens








14322344777940.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina e Jornal do Comércio