Logo O Rodeense.png
NELSON DELLAGIUSTINA

O dialeto trentino falado em Rodeio: parte X

Alguns lugares tradicionais onde ainda podemos ouvir o som característico do linguajar dialetal italiano trentino é em Rodeio em frente à Igreja Matriz São Francisco de Assis nas celebrações litúrgicas e em frente à Capela Mortuária em dias de enterros. É interessante observar que muitas pessoas chegam bem antes das cerimônias litúrgicas e formam pequenos grupos, homens geralmente à direita e mulheres à esquerda. Os assuntos são sobre o tempo, casos ocorridos na comunidade, negócios, plantações, culinária, vestimentas, problemas familiares, acidentes, política, futebol e às vezes fofocas maldosas que circulam entre as pessoas. Em frente à capela mortuária e também no interior formam-se pequenos grupos de homens e mulheres falando bem alto, das boas qualidades do defunto e mais frequentemente sobre os defeitos da pessoa que se foi. E, enquanto isso, a vida continua. Leia a seguir mais algumas palavras e expressões do nosso dialeto.

Quíquera = xícara

Radôr = navalha (para barbear-se)

Raminél = chaleira

Rampím = gancho para apanhar frutas

Randjár = consertar

Rampegár = trepar; subir

Repetôm = peidão

Rêtcha = orelha

Rezentár le róbe = enxaguar (roupas)

Ríder = rir

Ríss ou rízo = arroz

Róbe = roupas

Róbe de le féste = roupas para festas

Róbe del di diópra = roupas para trabalho

Róbe sbregáde = roupas rasgadas

Rônca = foice

Rôss come en peverôm = vermelho como pimentão

Rossúm = gema do ovo

Rovína = desgraça; estrago

Rúba = arroba

Rugánt = porco

Rúzem = enferrujado

Rostír = fritar

Saiêta = raio

Sábo = sábado

Saláta = alface

Saltá su côme n'bíss = foi rápido (ligeiro)

Sambúck = sabugueiro

Sánca = esquerda

Sandgiôt = soluço

Sápa = enxada

Sapár = capinar

Saspár = ciscar (aves)

Sáte = pés (de aves)

Sbérle - palmadas; tapas

Sbilônssa = balanço

Scáfa = estante

Scaiarôl = plaina manual

Scarpél = formão

Scainár = latir

Scampár = fugir

Scanssía = estante para louça (de madeira)

Scápol = rapaz; adolescente

Scárpe = sapatos

Scarpôni = botas

Scárss de idéa = ignorante; de pouco senso

Scarsséla = bolso da calça

Scôdega = pele do porco (em tiras)

Scolarôl = coador; escorredor

Scorlár = balançar; chacoalhar; sacudir

Scóta = queima

Scudéla = bacia

Scúria = chicote

Sêlegue = sobrancelhas

Sêga = serrote

Sêl signoredío se ló tolêssa = se Deus o levasse (quando alguém está bem mal)

Slófe = fofocas, boatos

Sepolír = sepultar (pessoas)

Sêt aziá? = está pronto?

Setchár = pia para lavar louça (de madeira)

Sfálss = gadanha; alfanje

Sfatchá = guloso; ganancioso

Sfoiár = tirar a palha do milho

Sfoiáss = palha de milho

Spédgio = espelho

Spéta n'grássia = ansioso; na expectativa

Spiáss = pátio; terreiro

Spissegôm = beliscão

Spontchôni = esporões da pele das aves

Spússa = fedor; mau cheiro

Smerdá = cagado (pópo tut smerdá)

Spussolôm = fedorento; que cheira mal

Squêna = costas

Squerssár = trocar ideias engraçadas

Squífo = nojo; enjoo

Squifôs = nojento; enjoado

Stála = estrebaria

Stalót = chiqueiro

Stánga = sarrafo; pau (para pendurar linguiça)

Stassêra = hoje à noite

Stchafôm = bofetada; tapa

Stchocáda = quantia de ovos para chocar

Stchóp = espingarda

Stissôm = pedaço de lenha incandescente

Stofegár = afogar

Stórzer = entortar

Stráck = cansado

Strafégo = coisa mal feita

Straméza = divisória de uma casa

Strámi = pés raquíticos de milho

Strangolôm = apressadamente (comer)

Strangossár = ser guloso; desejar alguma coisa

Strapassím = taramela de madeira

Stradéla = caminho estreito

Stráss = pano para chão; pessoa inútil.

Stremí = assustado

Stremída = susto

Stropáia = cerca

Stropár = fechar; tampar

Strópete-lá = fica quieto

Struciá = raquítico; magrinho

Sú ált = sótão da casa

Sú n'traldí = na hora de meio-dia

Sút = seco; enxuto

Súck = abóbora

Sufíta = assoalho

Sugamám = toalha para enxugar mãos

Sugár su la pessóta = crescer

Súr = rolha

Sluckêt = aperitivo; trago (bebida alcoólica)

Ténher su la corôna = dirigir o terço (rezar)

Testardo = desobediente; teimoso

Tchúff = cabelo arrepiado

Tavám = botuca; moscão

Tchutchá de le striê = muito magro; raquítico

Te láisavésta? = você soube? (fofoca)


Imagens






Logo O Rodeense.png

Endereço:
Rua Giácomo Furlani, 615-A - Centro
Rodeio - SC - Brasil
CEP 89136-000