Logo O Rodeense.png
Pedofilia na internet

Meninos de Indaial são alvo de pedofilia na internet e polícia investiga o caso

Jogo on-line servia para criminoso abordar as crianças

A Polícia Civil de Indaial, no Médio Vale do Itajaí, está apurando denúncias de pedofilia pela internet. As vítimas são dois primos de 11 e 12 anos, que teriam sido abordados pelo criminoso atraídas por recompensas de um jogo on-line. Os dois meninos chegaram a enviar fotos íntimas ao homem que ainda não foi identificado.

A mãe de uma das crianças contou à reportagem da NSC TV como funcionou a abordagem. Foi ela quem descobriu o que estava acontecendo ao verificar o celular do filho e procurou a delegacia na sexta-feira (18). Preocupada que a situação possa ocorrer em outras famílias, decidiu avisar o Conselho Tutelar e fazer o alerta.

Segundo a mãe, tudo começou com um perfil nas redes sociais oferecendo diamantes grátis para um jogo chamado Free Fire. Esses diamantes são importantes para evoluir no jogo e difíceis de conseguir, por isso o anúncio vira uma armadilha. Para receber os diamantes, o administrador do perfil pede que o usuário envie uma mensagem privada. 

A partir daí a conversa parte para o WhatsApp e muda de tom. A pessoa do outro do lado pede à criança ou adolescente que envie fotos e vídeos íntimos para que então receba a "recompensa". A mulher revela que o criminoso chega a detalhar como devem ser as imagens e o tempo de duração das gravações. 

Depois de receber o material, o homem libera os diamantes. O pedófilo ainda ensina as vítimas a apagar as mensagens do celular, para não deixar rastros. Ele também tenta marcar um encontro presencial, segundo a mãe de um dos meninos, que revela como ocorreu o contato entre o criminoso e o filho dela.

- O primeiro envio [de material íntimo] partiu do meu sobrinho, aí ele viu que deu certo [recebeu os diamantes] e passou o contato do vizinho dele, que também viu que deu certo, e aí passaram o contato do meu filho, foi onde esse bandido teve acesso a ele - explica a mãe ainda incredula com o que ocorreu.

A Polícia Civil de Indaial informou ao Santa que já recebeu duas denúncias e está apurando o caso, mas que não pode passar detalhes por se tratar de menores de idade. 

O Conselho Tutelar chegou emitir um aviso aos pais para que fiquem alertas e registrem boletim de ocorrência diante de suspeita de crime. Nestes casos a recomendação é procurar a delegacia de Polícia Civil. 

O órgão de proteção à criança e ao adolescente também se colocou à disposição para orientar as famílias. O contato pode ser feito de segunda a sexta, das 8h às 18h, pelos telefones (47) 3333-6464 e (47) 3333-9892. O telefone de plantão é (47) 99942-2288.

Imagens




Logo O Rodeense.png

Endereço:
Rua Giácomo Furlani, 615-A - Centro
Rodeio - SC - Brasil
CEP 89136-000